O mais perigoso dos líderes

O mais perigoso dos líderes O ex-presidente Lula, condenado a 9 anos de prisão nesta quarta (12) pelo juiz Sérgio Moro (Arte Revista CULT/Sérgio Lima)

 

 

Pesquisas apontam que Lula seria novamente presidente do Brasil, caso concorresse ao cargo máximo da nação em 2018. No cenário de um país colonizado e cada vez mais “neoliberalizado” como é nosso, a presença de um personagem como Lula passa de fator de conciliação entre classes a grande perigo para as elites que usurparam o poder. Lula continua sendo um fator político fundamental, talvez o mais fundamental no contexto de uma democracia cada vez mais destruída.

Se estamos falando do desejo do eleitorado em relação a Lula, devemos começar por ter presente que esse desejo, na verdade, já não conta no Brasil desde o golpe de 2016. Sabemos que, se ainda houver eleição direta para presidente, hipótese plausível em um país que se tornou terra de ninguém, o desejo do povo manifesto nas urnas só será aceito entre aspas se ele coincidir com o desejo das elites, as mesmas que, servas do grande capital, transformam o Brasil inteiro em um mercado barato, vendendo-o em termos de commodities a preço de balaio. É nesse contexto que enfraquecem as tentativas de sustentar teoricamente a democracia, de manter a resistência contra a ditadura corporativa, midiática, judiciária cada vez mais claras. É claro que resistir é urgente, necessário e muitos morrerão por isso, mas é certo também que não podemos ser ingênuos diante dos jogos que estão sendo tramados nas costas da população, dos movimentos sociais, de todos os que se ocupam em promover qualquer sinal real de democracia no bizarrismo do momento.

Dilma Rousseff, sabemos, estava na mira das armas neoliberais manejadas pelo colonialismo externo do grande capital e o colonialismo interno de políticos, banqueiros e outros donos do Brasil. Ela estava marcada desde o começo, pelos muitos motivos que se tornam cada vez mais evidentes. Do mesmo modo, não é novidade que ela, assim como Lula, apesar dos pesares e das críticas de quem sempre espera um governo mais à esquerda, ou seja, mais socialista, mais capaz de garantir direitos, conseguiu uma proeza incomum: sustentar uma relação com o neoliberalismo de rapina ao mesmo tempo em que tentava por algum freio à barbárie, defendendo direitos fundamentais e uma democracia, por assim dizer, sustentável. Hoje, em que pese a necessidade de repensar o paradigma sócio-político que nos rege, sabemos que essa democracia sustentável praticada por Lula e, na sequência, por Dilma, é só o que se pode esperar de um governo popular em um país colonizado. Talvez Dilma e Lula tenham feito o melhor jogo de cintura de que teremos notícia em nosso país que começa a viver, de 2016 em diante, os piores tempos de sua pós-história. Perdemos a ingenuidade diante dos acontecimentos. A democracia se torna a cada dia um assunto menor.

Antes de seguir, gostaria de gastar um pouco do meu tempo e do meu espaço para pensar no lugar político mais fundamental da nação. Fato é que o cargo de Presidente da República Federativa do Brasil não é mais o mesmo depois do golpe. Esse lugar vale hoje em dia tanto quanto o voto da nação. Michel Temer conseguiu uma antiproeza fundamental na política brasileira do momento. De tudo o que ele ajuda a destruir hoje, o cargo de presidente da República é um dos que perdeu a dignidade conquistada com as eleições de Fernando Henrique Cardoso, de Luiz Inácio Lula da Silva, bem como de Dilma Rousseff, presidentes eleitos e legítimos. Não eram vices golpistas, nem oportunistas. Entrará Rodrigo Maia em seu lugar para confirmar a trilha do rebaixamento, deixando claro que não é de democracia, nem de dignidade que se trata, ou qualquer desses valores que contavam na época em que política era algo fundamental. Ao ocupar o cargo de maneira ilegítima, entre o patético e o ridículo de seu personagem, invotável e rejeitado por mais de 90% dos brasileiros, Michel Temer segue se segurando na própria incompetência dos que querem derrubá-lo para não cair, e humilha o cargo que ocupa por meio de um golpe.

Não é possível, nesse momento, não pensar na figura dos que nos representando, não nos representam. Não é possível não se perguntar como Michel Temer suporta ser quem se tornou, sem grau algum de reconhecimento, sem méritos, sem história, sem coragem, sem brilho, sem vergonha. Qualquer pessoa a quem a questão da dignidade ainda fizesse sentido, que ainda tivesse um mínimo de amor próprio, já teria renunciado, teria se matado ou morrido de tristeza estando em sua situação. Mas aqueles que perderam a subjetividade, aquilo que os antigos, chamavam de alma, esses não sentem nada. E talvez seja esse o caso do homem que, sentado no trono da ilegitimidade e da rejeição popular, estarrece a todos.

Anti-Temer

Mas por que gastar tempo falando de Michel Temer enquanto os Direitos trabalhistas vazam pelo ralo, enquanto vários outros direitos se perdem no meio da desregulamentação da economia, da privatização e dos demais aspectos que fazem parte de um programa neoliberal? Por que Michel Temer é apenas mais um. E porque é sob o seu nome, num país que precisaria de líderes democráticos, de um projeto de país, que se produz a ignominia do desmantelamento do Estado, da sociedade e assistimos a destruição do país. O protótipo do político brasileiro, aquele que chegou onde chegou por tramas obscuras, por jogos sinuosos de poder, no caminho da ilegitimidade é o que está em jogo.

Podemos citar muitos nomes que acompanham Michel Temer na sua inexpressividade a serviço da covardia dos neoliberais. Falamos de um e estamos falando de todos, salvaguardadas as exceções que confirmam a regra. Não podemos nisso tudo esquecer os agentes do Judiciário que hoje, sem provas, sustentados em convicções em nível de delírio, que fazem lembrar idiotas, tentam encontrar um lugar ao sol enquanto todos percebem que se valem de um ódio – no caso dos mais famosos atualmente, de um ódio contra Lula e o Partido dos Trabalhadores. O ódio destrói a crítica que poderia ser interessante em qualquer momento. O ódio, como sabemos, é plantado em corações vazios, em mentes despreparadas para a política por meios de comunicação que em tudo são máquinas protéticas que definem hoje o caminho, a verdade e a vida da população.

O neoliberalismo é essa religião que programa um caminho, uma verdade e uma vida para cada um. O caminho é o mesmo, o da servidão voluntária ao mercado, ao capitalismo neoliberal.

O que Lula significa para o Brasil nesse momento? Qualquer líder que possa atrapalhar concreta ou simbolicamente o cenário do poder econômico, a descarada tendência dominante há tempos, será destruído, descartado, eliminado. Lula em tudo é o anti-Temer. Querido, amado, altamente expressivo como ser humano, capaz de encantar os mais exigentes estadistas e massas inteiras de gente simples, Lula continua impressionando os intelectuais, os que pensam e até aqueles que não se preocupam muito com política. Ele foi e continua sendo o mais perigoso dos líderes capazes de atrapalhar o cenário político previamente estabelecidos pelos donos do Brasil, simplesmente por um fator. Ele é amado pelo povo que nele se reconhece e nele votaria pura e simplesmente. Me refiro ao povo, às pessoas das classes humilhadas e exploradas que lhe eram fiéis e que, nesse momento, passam a amá-lo mais ainda. Do mesmo modo que, aqueles que ainda não tinham percebido a sua dimensão, diante das injustiças das quais é vítima, passam a adorá-lo.

Mas essa parte da população, que é a imensa maioria, tem perdido seu espaço. E tem perdido a si mesma, seus corpos e suas mentes.

Há, sem dúvida, também o lacaio do neoliberalismo. Em geral, ele não gosta de Lula, não gosta de esquerda, mesmo quando se favorece com as lutas em nome de direitos e garantias sociais levadas adiante por movimentos, ativistas e até políticos de esquerda. O neoliberalismo não respeita nada que não seja útil, e o cidadão, entre ingênuo e astucioso, tenta “prestar” seu serviço ao capital. Não é só a ingenuidade do corpo docilizado o que entra em jogo na inércia da população, é também a covardia interesseira que o “aburguesamento” do mundo nos legou. Muitos que um dia foram honrados com a consciência de serem trabalhadores perdem agora o seu desejo de lutar – porque o desejo político é a coragem da luta – enquanto são rebaixados a produtores e consumidores. Para essas pessoas, a política vira uma humilhação. A política deve ser rejeitada, pensam aqueles que não sabem o que dizem, nem o que fazem.

O pensamento simplificador, típico de sociedades levadas à incapacidade de reflexão, e a correlata polaridade política, movida a desinformação e ódio, impedem a compreensão do significado de Lula para o Brasil. Hoje, há uma espécie de interdição à percepção de que há um Lula para além do Luiz Inácio Lula da Silva, político com qualidades e defeitos, eleito por duas vezes à Presidência da República.

Se o Lula de carne e osso foi racionalmente tolerado pelos detentores do poder econômico (afinal, os bancos nunca lucraram tanto), esse outro Lula, o do imaginário de imensa parcela da população brasileira (e que alcançou também a atenção de pessoas em todo mundo) tornou-se insuportável justamente no momento em que vem simbolizar o Brasil que volta a ser uma velha colônia usada e abusada pelos colonizadores de sempre, o velho capital internacional aliado hoje em dia de corporações e banqueiros que ocupam os cargos políticos como se fossem os donos do Brasil.

Lula continua em seu papel como representante do povo idêntico ao povo, um papel que é incomparável com qualquer outro político de seu tempo. Perseguido e humilhado, como é inevitável a um líder de sua envergadura, mas altivo e sem dever nada a ninguém, ele nos deixa um recado: “não há solução para nenhum país que não seja uma solução política”. Isso nos leva a pensar que o neoliberalismo em curso propõe soluções econômicas que favorecem os ricos e que esse favorecimento conta com a adesão do cidadão rebaixado a otário. Nas palavras de Lula “a desgraça de quem não gosta de política é ser governado por quem gosta”. Precisamos sair desse lugar de otários em que fomos postos por uma produção discursiva que nos afasta de nosso próprio desejo por política e nos faz viver das decisões alheias que sempre nos desfavorecem.

O presidente Lula foi condenado como já se esperava, sem provas, a partir de acusações ridículas. Foi condenado por um juiz que só existe como figura pública porque se colocou a caçar o presidente. O juiz do Paraná lembra Michel Temer, é mais um dos “sem brilho próprio” que sobrevive tentando apagar o alheio. Após deixar de ser unanimidade, o que restará a esse cidadão é agradar alguns admiradores. Talvez Michel Temer, absolvido, Aécio, solto…

A estrela de Lula é maior. Não se apagará de modo algum da história do Brasil, nem do coração das classes humilhadas.

(119) Comentários

  1. Oi Marcia! Admiro faz algum tempo seus textos e adorei a leitura de Como Conversar Com Um Fascista. Senti seu texto hoje como palavras que eu queria dizer sem conseguir me expressar. Obrigada. Um grande abraço!

  2. Tenho algumas observações sobre o texto da Márcia, autora que acompanho e respeito. Concordo com quase tudo que ela disse sobre Michel Temer, exceto pela parte em que associa um possível suicídio dele a um ato de covardia ou de incapacidade de se conviver com as próprias derrotas. Como parente de alguém que já escolheu colocar um fim na própria vida, simplesmente porque decidiu que havia chegado a hora, acredito que o suicídio não pode ser generalizado de tal forma. Imagino que um dia ainda viveremos em uma sociedade que vê essa escolha como um direito, e não como um crime contra “o outro”. Sobre Lula, tenho certeza de existe parcialidade em certas decisões jurídicas contra ela proferidas, porém não o considero isento de todas as acusações feitas contra sua pessoa e acho, sim, que ele errou muito. O fato de que outros políticos que deveriam ser punidos escapam ilesos não o endossa para ser visto como uma alternativa viável. A esquerda brasileira só vai pra frente quando estiver disposta a reconhecer isso.

  3. Coitadinha de você… “O Que é isso gente???

    Prender Lula só porque lavou dinheiro ocultando duas propriedades?
    Só porque ganhou imóveis e reformas de empreiteiras às quais tinha favorecido?
    Só porque recebeu propina fingindo que fez palestras que nunca deu?
    Só porque fez o BNDES emprestar 8 bilhões para Odebrecht fazer obras sem concorrência em países bolivarianos?
    Só porque comandou uma organização criminosa que quebrou a Petrobrás?
    Só porque contratou sondas superfaturadas da Schahim para receber comissões e dinheiro sujo para a campanha?
    Só porque mandou acobertar o assassinato do prefeito Celso Daniel pagando com dinheiro da comissão das sondas?
    Só porque fez a Petrobras fornecer nafta à Braskem abaixo do valor de mercado por vários anos, causando prejuízo superior a 5 bilhões segundo o TCU?
    Só porque saqueou os palácios ao ir embora, levando não só presentes de Estado como até a prataria da casa?
    Só porque escolheu e elegeu uma presidente incompetente, despreparada, desequilibrada e burra, propositadamente, esperando com isso sucedê-la 4 anos depois?
    Só porque a elegeu tapeando o povo numa campanha criminosamente mentirosa, irrigada com dinheiro roubado da Petrobras?
    Só porque permitiu que sua quadrilha saqueasse os fundos de pensão de quase todas as Estatais, prejudicando as aposentadorias de centenas de milhares de petroleiros, carteiros, bancários?
    Só porque permitiu que a Bancoop lesasse milhares de bancários para favorecer a OAS e ganhar um triplex no Guarujá?
    Só porque deu aval político e dinheiro para que organizações criminosas como o MST invadissem e depredassem impunemente fazendas, centros de pesquisa e prédios públicos?
    Só porque sistematicamente comprou apoio político através do Mensalão e Petrolão?
    Só porque colocou um cupincha no Sesi Nacional, que transformou a instituição num cabide de empregos para os companheiros e parentes vagabundos?
    Só porque ajudou o enriquecimento ilícito de seus filhos em troca do favorecimento de empresas de telefonia e outras?
    Só porque vendeu medidas provisórias isentando montadoras de impostos em troca de comissões?
    Só porque inchou o governo e as estatais com centenas de milhares de funcionários supérfluos, quebrando o Estado e provocando déficit público Record?
    Só porque loteou mais de 30 mil cargos de confiança com seus apaniguados, dando o comando das estatais e autarquias para petistas incompetentes que mal sabem administrar suas vidas?
    Só porque elegeu outro poste como prefeito da maior cidade do país, também com dinheiro roubado das estatais?
    Só porque comprou milhões de votos com programas de esmola como o Bolsa Família?
    Só porque criou o Bolsa Pescador, e deixou 3 milhões de falsos pescadores se inscreverem para receber a sua esmola compradora de votos?
    Só porque aumentou nossa carga tributária de 33 para 40% do PIB?
    Só porque aumentou nossa dívida pública para quase três trilhões de reais, tornando-a impagável?
    Só porque favoreceu o sistema financeiro com taxas exorbitantes de juros, transferindo renda dos pobres para os ricos?
    Só porque conseguiu fazer o Brasil torrar toda a bonança da maior onda de alta das comodities na década passada?
    Só porque loteou todas as agências reguladoras fazendo-as inúteis na proteção dos cidadãos?
    Só porque tentou aparelhar até o STF nomeando ministros comprometidos com a proteção à sua ORCRIM?
    Só porque deixou a Bolívia expropriar a refinaria da Petrobras sem fazer nada?
    Só porque humilhou nossas Forças Armadas nomeando ministros da Defesa comunistas e incompetentes?
    Só porque favoreceu comercialmente ditaduras como as de Angola, Venezuela e outras?
    Só porque esfriou relações e esnobou as maiores economias do mundo, direcionando nossas relações exteriores para países inexpressivos comercialmente, apenas no afã de ganhar prestígio e votos na ONU?
    Só porque humilhou o Itamaraty orientando a política externa através de consiglieri mafiosos como Marco Aurélio Garcia?
    Só porque nos envergonhou deixando nossas embaixadas e consulados sem dinheiro para pagar aluguéis?
    Só porque comprou um aerolula da Airbus pelo triplo do que poderia ter comprado um Embraer e promovido noslsa indústria aeronáutica?
    Só porque descuidou dos programas de saúde pública através de ministros incompententes e desvio de verbas, permitindo a volta de doenças como a dengue e o zika?
    Só porque aparelhou todas as universidades federais com reitores de esquerda, obtusos e incompetentes?
    Só porque fez o Brasil ser motivo de chacota no mundo inteiro?
    Só porque nos tirou o orgulho de sermos brasileiros?
    Só por estes motivos?
    ORA. NÃO É JUSTO .”

  4. Obrigada pelas palavras esclarecedoras! Como a cada dia o absurdo se supera, corremos o risco de pensar que “nós” que estamos na contramão da História!

  5. Lula é e sempre será o meu, o nosso líder! Não o silenciarão!
    Gostei muito do texto, que trás uma análise objetiva e real sobre a triste e grave realidade do Brasil, dominado hoje por corruptos, bandidos e inescrupulosos….. um país sem lei, sem ética e sem moral. Isto me enoja, me envergonha, me deixa revoltada e indignada….. mas não vou parar…. sigo na luta por um Brasil ético, democrático e com justiça social!

  6. Suas palavras vieram de encontro a tudo que penso e me fortaleceu. Obrigada por seu texto, me senti validada nestes dois dias tão tristes para o nós.

  7. É triste , deplorável como os poderes do executivo, legislativo e judiciário se corromperam tanto a ponto de perderem a sanidade, o equilíbrio da ética, da justiça social e valores salutares à sociedade foram substituídos por anti vis valores. O oposto do caráter predomina em nossa pátria amada

  8. Apesar de não estar surpresa c/ todo este golpe, que já era de se esperar este resultado. Infelizmente boa parte do povo, foi burro, inoscente e friamente manipulados e acabaram ajudando estes mafiosos a chegarem exatamente onde queriam chegar. Se o Lula não for inoscentado, acabou de vez um país chamado: Brasil! Tenho nojo, raiva e todo tipo de revolta c/ tudo isto. Meu voto e de todos que votaram no Lula e na Dilma foram jogados no lixo cruelmente. Só espero que ainda exista alguém de um mínimo de caráter e consciência p/ acabar c/ esta bagunça que virou o Brasil.

  9. Estou muito emocionada. Muito lindo seu texto. Você resumiu tudo de uma forma maravilhosa. Parabéns! E não vamos perder as esperanças.

  10. Parabéns pelo texto. Abrangente e direto, fala daquilo que é fato. Lula e seus governos fizeram a diferença é após o golpe de 2016, nossa dignidade foi roubada. #foratemer

  11. Brilhante texto. Nos conforta e também nos mostra claramente que precisamos sai r da passividade em que nos encontramos e lutarmos por um País que volte a ser soberano, democrático, justo e fraterno.

  12. Grande artigo, vamos reagir com indignação e coragem, e mostrar para o Brasileiro que é possível nova forma de desenvolvimento.

  13. Adorei ler. Perfeita análise, de tudo o que estás acontecendo. Concordo inteiramente ! Parabéns à Márcia Tibúrio.

  14. Um belo texto. Num momento em que nosso coração esta sangrandom é um afago para a dor que me ega neste momento. Dois golpes em uma vida é muito. Pensei que não viveria para ver mais um golpe. E este é mais sujo do que o de 64. É mais nojento, porque esta sendo feito em cima de tanta mentira, de tanto roubo, que me parece mais grave do que a mentira engendrada pelos americanos de que o Brasil seria tomado por comunistas em 64

  15. Parabéns pela matéria,pena a que a menoria desses burguêses hipócritas são chamados de brasileiros e sujam nosso país.

  16. Márcia Tiburi… vc e superlativa em todos os sentidos, amo os seus textos, como este que acabei de ler dedicado ao nosso queridíssimo Lula. Eu, um dia critiquei no Face um outro texto seu, no Facebook, disse-lhe por mensagem/comentário que estava muito rebuscado, acadêmico, e não nos alcançava, vc não gostou e como resposta disse-me que… deixe-me ver, disse-me algo como… não foi bem isso mais foi mais ou menos isso, “vc está com preguiça de pensar”, e confesso que fiquei um tanto quanto irritado contigo, sabe porque, porque eu acho que eu estava com a razão, e continuo achando. Rsrsrsrsrs. Já este seu texto sobre o nosso Lula está/é incrivelmente lindo, e na medida do meu limitado intelecto. Rsrsrsrsrsrsrs. Tá vendo, foi estabelecida com sucesso uma comunicação, e eu, como sempre, toda vez que leio coisas como esta que vc escreveu aqui, fico menos ignorante e mais… um cara mais de sensibilidade, digamos assim. Um grande abraço, tudo de bom pra vc, e se cuide, meu anjo.

  17. Com a competência de sempre, disse tudo de forma clara e com suficiente aprofundamento!
    Estou representada nesse texto. Parabéns!

  18. Excelente análise e reflexão. Só nos resta um caminho é não permitir que a Estrela passe por nós como um cometa e que só possamos ver seu rastro, que ela, por nossa ação, continue brilhando e iluminando o povo brasileiro.

  19. Márcia, a luta é grande. Bom ter pessoas (gente) como vc procurando elucidar essa tortura que fazem quando querem destruir alguém.
    Indico vc aos mais jovens

  20. Nunca imaginei que o Brasil passasse por um retrocesso político e a população não conseguisse ter consciência o que estão fazendo com a classe menos favorecida. Acorda Brasil. disse:

    Nunca imaginei que o Brasil passasse por um retrocesso politico tão destruidor,com manobras evidentes em todos os poderes do país e a população parece não ter consciência da dimensão do tamanho da perda político e financeiro q

  21. Os neoliberais só querem tirar Lula do caminho para a continuidade da privatização do nosso Brasil.

  22. De uma lucidez ímpar! Não percamos a esperança , mesmo que nos reste, apenas, uma minima e tênue luz no final do túnel, haverá sempre a chance de transformarmos este País, num País melhor para Todos!

  23. Eu faço parte do povo brasileiro. Eu e minha família…somos LULA para sempre. Não adiantará nenhuma manobra vampiresca para nus amedrontar. LULALÁ.

  24. Perfeito.
    Obrigada pela clareza.
    Estamos tristes, mas temos que voltar a origem e crer na mudança.
    Resgatar a política e a eterna luta pela igualdade e inclusão social.
    Único caminho.
    Sejamos fortes.

  25. Marcia, como sempre, reflexões lucidas, fortes e que nos fortalecem na luta, nos dão direção. Estamos no caminho certo. Vamos discutir politica sim.

  26. Como se explica a fortuna de um homem que ficou rico depois de ser presidente? Ele, e sua família? Essa não é uma prova e tanto? Ninguém fica rico trabalhando por apenas doze anos. É fácil para um presidente não cair na malha fina da receita federal. Então, como eles da família Lula, explicam? Se não é deles essa fortuna e não é de ninguém devemos devolvê-la aos cofres públicos.

  27. Lula, pela inteligência e brilho próprio, provoca inveja no sujeito medíocre que não conquistou uma vida feliz. Gente vazia de futuro morto não suporta o brilho da estrela alheia.

  28. Lúcida matéria em tempos obscuros.
    Precisamos recuperar o fôlego para voltarmos à luta por um país Justo e soberano.
    Fora Temer!
    Fora todos os Golpistas

  29. Parabéns , linda sua dissertação. O Brasil precisa de pessoas como você MÁRCIA TUBURI, ENTRA PARA O PAN e se candidata a PRESIDÊNCIA eu voto em ti.

  30. Marcia, vamos discutir sobre as provas “ridículas” contra o Lula?

    Creio que você não leu o conteúdo do processo, por isto diz as coisas que diz. Um embasamento jurídico para entender é importante, mas não é necessário para entender tudo que está lá.

    Esta posição de apontar o dedo em políticos que são tão ou mais culpados que o Lula pela situação terrível que o Brasil encontra-se tem um único nome: hipocrisia.

    Lula/Dilma fez um governo que atrasou o Brasil em mais 20 anos. Agora é evidente a irresponsabilidade. Infelizmente, os pobres não tem acesso a informação para entenderem por qual motivo o Brasil continua tão devagar.

    Sério, quando fala do Lula este texto chega a beirar a insanidade.

  31. Você, como filósofa, deve saber que a expressão( com variações das palavras ) ” aqueles que não gostam de política são governados por aqueles que gostam” não foi criada por Lula. No mais, seu texto resume-se a um imenso esforço de transformar um corrupto ardiloso em um líder messiânico, acima do bem e do mal. Pensamento aliás que o próprio Lula verbaliza quando diz que “só o povo pode decretar seu fim”. Nem as leis podem com Ele. A conciliação entre classes só tem chance de ocorrer quando essa personagem nefasta da nossa política sair de cena. Até lá, o nós x eles vai predominar.

  32. OK! Dilma e Lula são santos!!! Ah! Por favor, minha senhora, não tapemos o sol com a peneira. Por mais eu que seja simpatizante da esquerda política e concorde com você em 70% do que acabara de escrever, não podemos nos esquecer das mentiras contadas por Dilma para se reeleger em 2014! Além disso, foi a Dilma que, ainda que muito timidamente, começou a mexer nos direitos dos trabalhadores quando sancionou a lei que alterou as regras do seguro-desemprego! Não se esqueça disso!!!

    Outra coisa: o dia que uma empreiteira disponibilizar por “livre e espontânea vontade” um imóvel para mim (um desempregado sem qualquer cargo político), aí sim eu acreditarei que o Lula foi injustiçado..

    E antes que me chame de “coxinha”, não, não sou um “coxinha”, muito pelo contrário, sempre votei no PSOL e até mesmo no PT (e talvez, dependendo das opções, talvez até vote novamente no Lula), mas tapar o sol com a peneira na tentativa de santificar Lula, Dilma, ou o PT aí já é demais! Já reparou que vocês refutam tudo o que há contra Lula e o PT? Tenho certeza absoluta de que se o Lula fosse flagrado na mesmíssima situação indefensável do Temer ou do Louris vocês, ainda assim, iriam arrumar algum jeito de questionar a veracidade do áudio, das filmagens etc.. Por favor, o PT não é um time de futebol, tampouco uma religião! Parem com isso que tá feio…

  33. Texto que exprime sensivelmente as peculiaridades desse retrocesso nacional. Mas como nos cabe muita sensibilidade e percepções globalizantes não iremos esmorecer diante da verdade e ao bem a todxs.

  34. Lula é grande demais e no final diate do fracasso do golpe o tão falado mercado se curvará a sua magestade.E a democracia ressurgirá.

  35. Um texto emocionante, sincero e profundo. Lavou minha alma e fortaleceu ainda mais minha vontade de lutar ! Lutarde! Lutar!

  36. Impecável. Como sempre você é um dos fios conectados com o mundo real e temeroso com o qual nos deparamos e facilmente nos amedrontamos. Mas a sua lucidez e capacidade de nos fazer pensar que nada pode parecer impossível nos devolve a coragem de lutar. Parabéns. Chorei, mas desta vez foi de esperança.

  37. Importante saber o que é liderança…
    Líder é aquele que quando se expressa, o grupo ou as massas, reconhecem a sua própria expressão. Ele líder não fala com eles, fala por eles, é a voz ou pensamento deles ressoando!

  38. Vítima, inocente, somente o POVO BRASILEIRO, que acreditou em Lula, assim como em todos esses, nem sei como nomear, que HOJE detém o poder e pensam, se é que pensam, tomam decisões em benefício pro próprio, ignorando sua real função. Indignação e vergonha é o sentimento da população.

  39. Fique especialmente tocada pela leitura desse texto que eu gostaria de ver nas primeiras páginas de todos os jornais e revistas do País, para que milhares de pessoas como eu pudessem lê-lo . Muito obrigada .

  40. Parabéns, Marcia Tiburi, por usar sua voz e prestígio para denunciar a perseguição contra o presidente Lula. Que outras vozes se somem. O silêncio nesse momento irá custar décadas da nossa História. Saudações e obrigado por compartilhar suas reflexões e observações.

  41. Elite selvagem que quer o melhor do primeiro mundo mas não adota seus valores democráticos plurais e republicanos.

  42. Belo texto que enseja algumas óbvias conclusões. Embora a esquerda com. Lula não tenha sabido lidar e sequer disputado algumas instituições importantes na democracia como: PF, MP e Judiciário, conseguiu no mundo, o resultado mais expressivo de avanços sócias, políticos e geopolíticos possível para uma nação, numa correlação de forças tão adversa. Juntando isso com sua trajetória de vida, temos o ídolo dos sonhos. Dos sonhos possíveis e inacreditáveis.

  43. Gosto da Márcia Tiburi, como pessoa e como professora. Do jeito que ela aborda os temas diz muito da sua personalidade e humanidade. Se diz que a filosofia é algo teórico, mas a teoria bem feita, mesmo que seja 1%, é fundamental para embasar e solidificar a prática. E o que faz falta no mundo contemporâneo é a capacidade de refletir, duvidar para não acreditar, ser o seguidor pastoreado, mas contribuir com alguma solução.

  44. A vergonha dos pseudos intelectuais contratados para defender o golpe, apoiar reformas vergonhosas e lamber as botas do capital.
    Isso que ainda traz alguma dignidade de ser brasileiro.

  45. O Lula e Temer já era !! O povo precisa escolher outros líder !! Lula quebrou o Brasil com Temer e colocou a Dilma sem experiência política !! Vamos para de defender esses político ! E parar de falar em golpe !! Algo antigo é usado na época dos militares ! E tudo uma jogada política que A Dilma não soube jogar e escutar o Lula resolveu escultor os invejosos como Mercadante !! Que já sumiu ! Por que sera

  46. Triste viver num país onde Marcias Tiburis e outros doutos similares podem se dar ao luxo de dedicar seu tempo de “pesquisa e extensão ” à produção de montanhas de falácias recheadas de adjetivos mas completamente desprovidas de dados, porque são membros da mesma elite que fingem criticar, com empregos vitalícios sustentados pelo contribuinte mas sem nenhum compromisso com o aprimoramento da educação do país – antes o contrário. Dão suas aulas inúteis para doutrinar outros inúteis como eles também oriundos da elite, mas que conhecem suas limitações (não sabem fazer conta, coitados) e por isso sonham com um emprego bancado pelo Estado tão confortável quanto o de seus “mestres”, a quem bajulam de forma deprimente ao longo de toda sua “vida acadêmica “. Não conhecem o Brasil a exemplo dos pensadores de esquerda do passado, mas, ao contrário destes, são preguiçosos e arrogantes demais para pelo menos tentar agregar algum dado concreto ao reducionismo tosco com que descrevem o mundo. Mas quem disse que estão interessados em pensar o Brasil mesmo? A realidade é só um detalhe chato pra quem trabalha por uma ideologia. Mas mesmo ignorando os fatos, não é preciso ser tão ressentido e cheio de ódio como essa autora para analisar a situação política atual do Brasil. Entendo que ela esteja revoltada com a perspectiva de ter de passar mais uns 5 anos de sua vida corrigindo provas de 20 páginas sobre os impactos do neoliberalismo para a sexualidade dos trabalhadores. Percebo sua antipatia com o atual presidente, em quem obviamente votou e talvez por isso se ache no direito de lhe tirar a qualquer tempo e pretexto o mandato que ela própria e seus amigos de esquerda lhe concederam. E reconheço como legítima sua esperança de que Lula possa voltar para desfazer tudo aquilo que ele próprio iniciou, tendo se gabado em mais se uma oportunidade de ter sido o presidente que mais produziu ajuste fiscal e reformas liberais (Heloisa Helena e Baba que o digam, quando ousaram questionar a da Previdência que foi bem pior para o serviço público que a de FHC. Entendo e respeito tudo isso, mas não vejo razão para tanto ódio e ressentimento. Por que não levar na brincadeira? Com bom humor, com memes? Afinal sua posição social (elite) não está ameaçada de forna alguma, moça. Ninguém lhe removerá de seu cargo confortável numa universidade pública com emprego garantido até a aposentadoria. Ninguém exigirá critérios de desempenho diferentes daqueles que você e seus amigos definem na Capes. Ninguém vai questionar porque você só publica nas revistas editadas por seus colegas de trabalho. Você vai continuar passeando pelo país à custa do contribuinte para participar de seus congressos e festas, invariavelmente regadas a muita bebida e diversão noturna. Então, de novo, pra quê tanto rancor? Sorria! Vocês venceram! Nada vai mudar para vocês. Por que não usufruem do privilégio que conquistaram com tanta bajulação em “concurso público ” e deixam o restante de nós, pobres brasileiros alienados pelo capital, seguir
    nosso caminho? É o melhor para todos.

  47. Faltou mencionar Fernando Collor como presidente legitimamente eleito. O “golpe”, no caso dele, também não foi mencionado.

  48. Resumo das provas consideradas por Moro para condenar Lula:
    documentos apreendidos na casa de Lula sobre o triplex;
    documentos apreendidos na sede da cooperativa Bancoop;
    documentos apreendidos na OAS;
    notas fiscais da OAS e outras empresas contendo itens da reforma do imóvel;
    mensagens de celular de Leo Pinheiro, ex-presidente da OAS, se referindo ao projeto do “chefe” e para marcar com a “madame”;
    mensagens no celular de Paulo Gordilho, arquiteto e ex-executivo da OAS, citando reformas em “sítio” e “praia”;
    testemunhos de Paulo Gordilho declarando que tinha conhecimento de que o triplex estava reservado para Lula desde 2011;
    mensagens no celular de Marcos Ramalho, executivo da OAS, citando visita ao triplex de Fábio Luis, filho de Lula, em 2014;
    testemunhos de funcionários da OAS que disseram que a empreiteira não costumava personalizar imóveis à venda;
    testemunho de gerente da OAS, que disse ter acompanhado visita de Lula e Marisa ao triplex no início de 2014;
    testemunho de engenheira da OAS, que disse que acompanhou visita de Marisa e Fábio ao apartamento em agosto de 2014;
    testemunho de funcionário da empresa Kitchens, que confirmou a contratação para duas cozinhas, no triplex e de um sítio em Atibaia;
    testemunho de sócio da Tallento, que disse que acompanhou visita de Marisa e Fábio ao triplex;
    testemunho de zelador do Solaris, que confirmou visita de Lula e Marisa e de nenhum terceiro;
    depoimento de Leo Pinheiro, ex-presidente da OAS, confirmando o esquema criminoso da Petrobras e que se reuniu com Lula para tratar do triplex em 2014;
    depoimento de Agenor Franklin Magalhães Medeiros, diretor da área de Óleo e Gás da Construtora OAS, confirmando o pagamento de propinas na Petrobras e que ouviu que o triplex e o sítio em Atibaia seriam debitados do crédito do PT com vantagens indevidas;
    nota do Instituto Lula, de 2014, com incongruências;
    contradições de Lula em interrogatório.

  49. Deixar comentários pra quê, se são censurados? Só gostaria de saber que tipo de crime cometi para ser silenciado. Com certeza não desejei a morte de ninguém, ao contrário da autora aí de cima.

  50. Depois de ler seu texto, ainda meio tonto pela onda de oxigênio que ele me trouxe ao peito, observei os comentários e roubei dali algumas palavras muito frequentes: emocão, equilíbrio, beleza, lucidez e esperança. Mas, apesar dessa última, ainda não posso deixar de lembrar de outras como indignação, tristeza, receio, incerteza. As forças reacionárias estão nervosas e amedrontadas e quando isso acontece são capazes de qualquer coisa.

  51. Nem Dilma , nem Lula, nem Aécio nem ninguém que tenha relações obscuras com lotização de empresas públicas , relacionamentos promíscuos com empresas privadas e , pior , qualquer tipo de problema com a justiça . Precisamos de políticos ( servidores públicos ) transparentes e coerentes com o compromisso de tutelar as contas públicas . Todos queremos que a sociedade melhore e se equalize mas através de políticas financiaras com o dinheiro disponível; não através de políticas econômicas que poderiam afundar a nação em um caos ainda maior.

  52. Já que existem juízes que na ausência de provas concretas, põem-se a filosofar com quimeras, se eu fosse o sr Lula, uma vez que condenado por ser “0 proprietário do tal triplex”, entraria com um agravo, exigindo pois por “direito” que o mesmo juiz condenasse a quem ainda mantém em seu nome a escritura/ propriedade anterior, fosse obrigado a emitir a escritura e respectiva Matrícula para o nome do sr Lula!!!!!
    Assim, ao exigir a propriedade legítima em seu nome, afinal , assim foi julgado, estaria colocando esse tipo de juiz ao ridículo , ensinando a esse tipo de juiz que nunca mais se aventurem a julgar pautados em quimeras, alusões , raciocinios enviesados, convicções tortuosas, balelas e outros que tais!
    Levando legalmente esse juiz a essa sinuca de bico, destruirá num peteleco toda a trama armada!

  53. A maior ameaça aos brasileiros são pessoas que acham Lula vítima como essa autora e revistas e revistas que disseminam esse pensalmente . O Josesly enriqueceu no governo do Pt .

  54. A verdade que tem muitas faces. Quando nos limitamos a idolatrar é porque á temos uma verdade construida. Caberia, enquanto filosofia e afirmação, uma construção mais sólida e não imersa nas subjetividades partidárias, midiáticas e radicais. Lamento muito, não por Lula, nem por Temer e muitos menos por partidos e seus interesses, mas sim, por todos aqueles que aceitam verdades baseadas em subjetividades. Que leem a poesia sem compreender o contexto no qual foi escrita. Difícil ler o texto e não perceber a simpatia do autor. Então, em tal texto não há filosofia, apenas uma opinião particular e longe de estar sob o manto da verdade.

  55. Incrível como a realidade e a verdade sobre o Lula não vos faz a menor diferença, elogiar e defender um criminoso condenado somente vos torna tão igual e cúmplices desse crime, que talvez vcs na mesma situação que ele fariam o mesmo em favor do partido, porque na visão o partido é maior que o país, tão somente o partido, que pobreza de espírito, lembro-vos que mudar de opinião e dar meia volta e se render à verdade é normal ao ser humano, humildemente podemos mudar de opinião, mas egocentricamente nunca estamos errados e somos os melhores, acho que é o pior defeito do ser humano, o egocentrismo. Esperem a exclusão social na melhor das hipóteses porque o Brasil já não suporta esse discurso falso, o capital já não suporta vosso comunismo fabiano, o poder foi sua ruína, demonstrou que não é o povo que é o seu interesse mas o poder por ele mesmo, da maneira mais suja e inescrupulosa, acho que a tragédia humana chegou ao seu ápice aqui no Brasil com o governo do PT e da república, agora temos que girar em torno desse miserável do Lula e aguentar o asco de ler suas alegações como se a inocência valesse algo, fosse algo importante a se comprovar, mas não mais interessa isso tudo pq o tempo dele se passou, teve tudo para ser o herói mas escolheu ser oi o vilão, demonstrou que não tem amor no coração, nem pureza nos atos, não tem honra, demonstrou o vazio da alma e da consciência, ele não merece ser chamado de brasileiro pois traiu sua nação, e seus copartidários que muitos não são corruptos, há quem o admire, mas sendo igual a ele estão errados, que seus olhos se abram para a realidade e para a verdade, com respeito, eu.

  56. Transcrevo aqui a crítica do Clóvis Rossi, Folha de S.Paulo, A14, mundo em 06.10.2016., com o título: A DIREITA VOLTOU? NUNCA SAIU.
    “Em 13 anos de presidência, o PT não promoveu nenhuma reforma estrutural. Investiu mais em facilitar à população acesso aos bens sociais(celular, computador, carro), quando se deveria priorizar o acesso aos bens sociais (educação, moradia, saneamento). Se ser de esquerda significa preocupar-se com a igualdade, os governos do PT foram uma fraude. Em um ano a “bolsa juros” que o governo paga aos portadores de títulos da dívida pública, em geral ricos, representa 15 anos da ‘Bolsa Família”, a que vai aos pobres. Ou seja, as 14 milhões de famílias que recebem esta última precisam de 15 anos para ter o que as famílias ricas ( mais ou menos 5 milhões ) abocanham em apenas um ano. O resto é propaganda enganosa de revolucionários de colunas de jornal”
    Moral da história: nos 13 anos do PT, ele deu milho aos pombos e caviar aos pobres.

  57. Li recentemente uma espécie de entrevista que a revista Cult fez com Frei Betto e fiquei impressionado com o fato de pessoas que tem seu discurso alinhado com seu modo de agir tendem a serem expulsos desse paraíso fantasioso do PT. Em seu relato como ex assessor pessoal de Lula, Frei Betto conseguiu enxergar um erro cometido pelo então ex presidente Lula: “o erro do Lula foi ter facilitado o acesso a bens de consumos pessoais e não sociais”. Essa lucidez tirou-o do paraíso. As primeiras casas populares entregue no governo de Getúlio Vargas foram construídas via mutirão. Logo Getulio percebeu que poderia agradar, além da classe pobre, também os ricos empresários colocando as novas casas populares nas mãos das grandes empreiteiras. Essa sede por capital fez com com surgisse empresas como as hoje conhecidas: Odebrecht, OAS tantas outras etc…medidas para amenizar a força popular foi implantada com o tempo: classe social e suas derivações. hoje não somos mais brasileiros que buscamos interesse coletivo. hoje somos divididos entre: brancos, negros, índios, deficientes, professores…etc. e quando um problema afeta somente uma determinada classe as demais não se manifestam. “essa roda não invenção do PT mas a fez girar como nunca”.

  58. Muito boa a avaliação da Conjuntura política e pertinentes minha dúvida é como de fato a população está reagindo ou melhor não está reagindo. O povo precisa de novas liderança? Para poder de fato reagir?

  59. Excelente análise. Vi a transformação silenciosa de alguns amigos em acalorados pedintes de um regime fascista, sem ao menos ter consciência das prerrogativas que tal poder gera. Não está adiantando contextualizar crises históricas de um passado próximo pra pessoas que como lacaios só estão usando seu cérebro pra odiar, movido por paixão, não razão. Sem condição de compreender o todo. Sem entender que a metástase do Brasil não está na política, mas na falta dela.

  60. Defender um governo socialista e/ou mais a esquerda é compreensível, agora adular apedeuta corrupto é o fim para uma classe que se diz pensadora.

  61. Márcia Tiburi descreve com precisão o que está acontecendo no Brasil , que sinto mas não sou capaz de expor com tenta clareza.

  62. Triste ver uma filosofa esquerdopata defendendo um bandido, um presidente que criou o maior esquema de corrupção deste país. Cavou junto com a Dilma o buraco no qual está inserida essa nação. Apoiar um ex presidente que defende ditaduras bolivarianas, defende a ditadura cubana, essa sim uma nação facista. É deplorável vermos que não temos neste país intelectuais não partidários, lúcidos, sem rabo preso.

  63. Mas que texto! Marcia Tiburi consegue expressar em palavras o pensamento das pessoas conscientes! Faz definições e ponderações extremamente lúcidas e objetivas! Seus textos e discursos lavam a nossa alma!!!

  64. Simplesmente perfeito. A melhor análise sobre a atual situação do Brasil. Passaria o resto da minha vida aplaudindo este artigo.

  65. Parabéns ao texto! Sim, Lula é tudo isso é muito mais, infelizmente o povo não sabe usar a capacidade e a força que tem e não lutamos por puro comodismo ou nossa água está sendo colocada calmante mesmo.

  66. Gosto de como a autora destrincha os cenários políticos atual e passado. Pena que derrapa na idolatria cega ao ex presidente… Não existe humano perfeito.

  67. É um discurso extremamente realista!
    Tomara que a maioria do Povo Brasileiro compreenda estas importantes ponderações, neste momento tão difícil da História deste País e passe a assumir o papel de principal ator neste atual cenário Político e eleja um Presidente, que por passado de lutas e de defesa intransigente dos menos favorecidos, possa transmitir a esperança de um futuro melhor para estes, e para o Brasil!

  68. Acho que não vão deixar o Lula se eleger, mas como dizem que “Deus é brasileiro”, espero que ele consiga nos tirar das garras desses bandidos que tomaram de assalto o nosso Brasil. Meu voto é e sempre será do Lula.

  69. Excelente Artigo, desenvolvido, pela maravilhosa Márcia Tiburi . Digno de entrar sem dúvida alguma, nos Anais da História deste povo, deste País, BRASIL !

Deixe o seu comentário

Novembro

TV Cult