A hegemonia pentecostal no Brasil Magali do Nascimento Cunha

Como os evangélicos pentecostais passaram a dominar importantes espaços na política, no mercado e nas mídias

Leia trechos inéditos em português de cartas entre Camus e Casàres Albert Camus e Maria Casarès

Íntegra da correspondência será publicada em 2020 pela editora Record, no livro Correspondência: 1944 – 1959

Em SP e no Rio, eventos lembram os 99 anos de Clarice Lispector Cultura em Movimento

Leituras performatizadas e palestra sobre o percurso da escritora fazem parte da programação; veja mais dicas de eventos culturais para a semana

Vamos falar de alternativas? Além da lei

Superar o neoliberalismo exige uma alternativa capaz de produzir novas imagens, normas e práticas, bem como alterar o modo dos indivíduos atuarem no mundo

João Cabral, o artífice da pedra Daniel de Mesquita Benevides

Armando Freitas Filho e Paulo Henriques Britto falam sobre João Cabral de Melo Neto, que faria 100 anos neste 9 de janeiro

Quem é parasita de quem? Fabiane Secches

Vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes, novo filme do diretor coreano Bong Joon Ho estreia nos cinemas entusiasmando espectadores do mundo todo

Achava engraçado quando minha a vó Ieda referia-se a Arena como se ainda existisse, mas agora eu entendo. Eles nunca se foram

Victória Salomão, 25

Pelotas, RS

Quem defende (ou relativiza) a tortura e admira torturadores, alçando-os à estatura de ‘heróis’, acredita na destruição de seres humanos como meio de disputa política. Não há tolerância possível neste ponto

André Carreira, 38

São Paulo, SP

Os discursos promovidos por agentes do Estado nos mostram a urgência de colocarmos em nossas rodas de conversa e em nossas leituras o tema da ditadura. Precisamos falar, refalar, narrar, lembrar, dizer, dizer e dizer para que consigamos enterrar de vez a falácia de que nesse período a vida por aqui era melhor

Alessandra Magalhães, 42

Rio de Janeiro, RJ

Permeia por todo regime autoritário o discurso de proteção à família tradicional. Não por acaso o atual governo usa dos mesmos argumentos para justificar políticas autoritárias. Por isso o medo de qualquer discussão que envolva trabalho doméstico, machismo, lugares de poder e gênero. Por isso também, discuti-las é nossa obrigação

Pedro Veríssimo, 29

São Paulo, SP

Depois da revolta: o Chile em chamas Wilson Alves-Bezerra

De Valparaíso, Wilson Alves-Bezerra relata: não apenas os corpos e mentes, mas todo o centro da cidade está tomado pelas cicatrizes do conflito

Karim Aïnouz: Fiz as pazes com a ideia de contar uma história Amanda Massuela

Com 'A vida invisível', cineasta cearense visita o melodrama para questionar a família de sangue e celebrar a solidariedade

Uma carta a Angela Davis Bianca Santana

Obrigada por nos lembrar que, além de violência e racismo, o Brasil é também uma experiência coletiva de alegria, criatividade, prazer e beleza

Estante Cult: as melhores leituras de 2019, segundo nossos convidados Redação

Crianças, escritores, artistas e pesquisadores de diferentes áreas do conhecimento indicam suas leituras preferidas do ano de 2019

Newsletter

Dezembro

TV Cult