Quem tem medo de Simone de Beauvoir? Marcia Tiburi

Seria melhor que as pessoas tratassem 'O segundo sexo' como autoajuda ou bula de remédio e o lessem de uma vez em favor da cultura

O pensamento filosófico-feminista de Simone de Beauvoir Magda Guadalupe dos Santos

Obra da pensadora francesa permanece como ponto de interlocução no debate atual sobre gênero, e se abre para novas abordagens epistemológicas

Figurações do Outro Djamila Ribeiro

Para Simone de Beauvoir, a mulher não seria definida em si, na sua originalidade, mas em comparação ao homem e em detrimento dele

Tornar-se mulher, devir feminista Carla Rodrigues

Beauvoir e Butler abriram caminho para diferentes correntes de pensamento que hoje se valem da proposição inicial da francesa para pensar normas de gênero

Usos e desusos do conceito de gênero Maria Luiza Heilborn

Na Filosofia, coube a Beauvoir marcar o início da reflexão sobre a subalternidade feminina, que anos depois foi encampada pelos chamados "estudos de gênero"

Os caminhos da liberdade Luís Antônio Romano

A viagem é um traço marcante na vida de constantes descobertas que Sartre e Beauvoir fazem a respeito de si, do mundo e da função da escrita

Muito me espanta que depois de tantos anos de militância feminista no mundo da religião eu me depare com tamanha sujeição das mulheres a movimentos de padres cantores, curas e religiões de massa

Ivone Gebara, 73

Teóloga e filósofa

Lacan era um grande intelectual que deu uma dimensão de intelectualidade à obra de Freud. Marcou toda uma geração – a de Foucault e Deleuze –, que inclusive o criticou.

Elisabeth Roudinesco, 73

Psicanalista

A ideia de que escritores não precisam ser pagos pela sua obra, de que músicos devem ceder o seu trabalho de graça e outras atitudes similares precisa mudar

David Byrne, 66

Músico e compositor

A esquerda é sempre burra no poder porque não tem ideias próprias. Ela deveria ter sempre colocado o combate ao ódio ao pobre como ponto principal, e isso nunca foi feito

Jessé Souza, 58

Sociólogo

Quando as grandes editoras publicam livros que tratam sempre dos mesmos temas e trazem um perfil de autor muito parecido, estão dizendo ao leitor quem pode ser chamado de escritor no Brasil

Regina Dalcastagnè, 50

Professora titular de literatura brasileira da UnB

O trabalhador está nu – ou quase Tarso de Melo

O silêncio que se segue à afirmação de que “os trabalhadores têm direitos demais” é resultado de um longo trabalho de demonização da classe trabalhadora

O bolsonarismo borbulhante Wilson Gomes

O bolsonarismo é um shake em que se combinam o fundamentalismo bíblico neopentecostal, o discurso da direita americana e o militarismo conservador

O risco à civilização e o surgimento do Homo stupidus stupidus Além da lei

A hipótese que gostaria de levantar aqui é simples: para a manutenção do capitalismo é necessário que as pessoas pensem cada vez menos

A catástrofe e sua superação Marcia Tiburi

No ano passado, a coleção de catástrofes foi imensa. Ao superá-lo, é preciso saber compreender o que aconteceu e avançar levando aquilo que se aprendeu

Newsletter

TV Cult