Anatomia da arte de amar Christian Ingo Lenz Dunker

O amor é o “grau zero” dos afetos, que mede todos os outros, mas não pode ser medido por nenhum deles

Como o amor tem sido reduzido ao regime romântico-monogâmico? Renato Noguera

A ideia básica reza: o verdadeiro amor deve ser único e eterno. O projeto colonial se serve do cristianismo

O riso de Odradek: Aprender a ler, rir e se desesperar com Kafka Tomaz Amorim

Parece absurdo escrever isso, mas o humor kafkiano é leve justamente em relação à absurdidade da vida

Kafka e a primeira dor Simone Brantes

A literatura, ao contrário de outras atividades, mora no estranho

Reivindicando Kafka Benjamin Balint

Não temos Kafka, não podemos nos apropriar dele, apenas o ler, o que é suficiente

O problema da humanidade não é o conceito de raça, mas o racismo, que é filhote da raça. A raça mãe morreu, mas o filho está solto e continua a fazer suas vítimas

Kabengele Munanga,

Cult 290 (fevereiro de 2023)

Lutar pela autonomia corporal de pessoas trans é garantir que seus corpos sejam considerados legítimos e livres.

Beatriz Bagagli e Thayz Athayde,

Cult 290 (fevereiro de 2023)

Ainda não perdemos o medo diante das desobediências infantis. É isso que queremos legar às crianças, que elas devem ser como nós, adultos incapazes de questionar o exercício da vida?

Sofia Favero,

Cult 290 (fevereiro de 2023)

Walter Benjamin sobre Franz Kafka: o avesso do nada Jeanne Marie Gagnebin

O filósofo alemão recusa todas as tentativas de encontrar uma solução hermenêutica que nos aliviaria da nossa angústia de leitor à procura “do sentido”

Uma nova vida para Stella do Patrocínio Paula Carvalho

o objetivo de Stella do Patrocínio, ou o retorno de quem sempre esteve aqui é, segundo Vicentini, “fazer com que o invisível, o polícia secreta, o sem cor sejam reconhecidos. Que os nossos olhares se voltem para eles, tão acostumados e autorizados a controlar, normalizar e a bater o martelo

Palestinização do mundo Berenice Bento

É impossível, acredito, pensar a nova fase do neoliberalismo contemporâneo, sem considerar a criminalização dos movimentos sociais e sem o terror dos Estados contra os corpos subalternizados. Torna-se impossível também não compreendermos o papel que Israel, como braço tecnológico contemporâneo da morte

Hassane Kouyaté: a arte como um exercício do livre-arbítrio Victor Kutz Manso

Hassane Kassi Kouyaté é diretor de teatro, contador de histórias e músico, e uma das mais importantes figuras da cultura francófona da África Ocidental hoje. Porém, um único substantivo pode resumir melhor as suas contribuições culturais: griô

Newsletter

TV Cult