Os 70 anos – e o futuro – da Declaração Universal dos Direitos Humanos Tarso de Melo

Texto, que completa 70 anos no dia 10 de dezembro, ganha significação extraordinária em meio às ameaças em nosso horizonte

A urgência dos direitos humanos em tempos conservadores Renan Quinalha

Precisamos, mais do que nunca, de uma concepção profundamente política, crítica e emancipatória dos direitos humanos, conectada às lutas sociais

Precisamos falar sobre a “direita jurídica” Além da lei

Em razão de uma tradição marcada pelo colonialismo e a escravidão, gerou-se um sistema de justiça marcado por uma ideologia patriarcal e patrimonialista

Primeiras observações sobre o desastre brasileiro Antonio Negri

Para o marxista italiano Antonio Negri, é na relação e na recomposição política dos negros e comunistas que uma esquerda antifascista pode ser construída

‘Como conversar com um fascista’, três anos depois Marcia Tiburi

O fascismo entre nós mais uma vez, só que de forma declarada e explícita; suas práticas seguem a eleger políticos sem capacidade para legislar ou governar

Grito metálico Leusa Araujo

Livro póstumo inédito, Os antipássaros traz de volta poesia límpida e substantiva de Donizete Galvão

Muito me espanta que depois de tantos anos de militância feminista no mundo da religião eu me depare com tamanha sujeição das mulheres a movimentos de padres cantores, curas e religiões de massa

Ivone Gebara, 73

Teóloga e filósofa

Lacan era um grande intelectual que deu uma dimensão de intelectualidade à obra de Freud. Marcou toda uma geração – a de Foucault e Deleuze –, que inclusive o criticou.

Elisabeth Roudinesco, 73

Psicanalista

A ideia de que escritores não precisam ser pagos pela sua obra, de que músicos devem ceder o seu trabalho de graça e outras atitudes similares precisa mudar

David Byrne, 66

Músico e compositor

A esquerda é sempre burra no poder porque não tem ideias próprias. Ela deveria ter sempre colocado o combate ao ódio ao pobre como ponto principal, e isso nunca foi feito

Jessé Souza, 58

Sociólogo

Quando as grandes editoras publicam livros que tratam sempre dos mesmos temas e trazem um perfil de autor muito parecido, estão dizendo ao leitor quem pode ser chamado de escritor no Brasil

Regina Dalcastagnè, 50

Professora titular de literatura brasileira da UnB

Uma cidadezinha qualquer do sertão Heitor Ferraz

Em 'À cidade', poeta cearense Maílson Furtado, vencedor do Jabuti, procura sintetizar a sua experiência urbana sertaneja

Quem quer ser o Chico Buarque desta geração? Wilson Alves-Bezerra

Em tempos de cisão entre mercado e vanguarda, seria anacrônico almejar ser Chico Buarque, mas também inalcançável, pois em 2018 nem Chico seria ele mesmo

Bolsonaro e o obscurantismo global Rafael R. Ioris

Indicado por Bolsonaro, futuro chanceler defende alinhamento com os EUA, nega aquecimento global e defende confronto com a China

Terra (segue) em transe Mariana Lucas Setúbal

Em parceria com a CULT, LabJor FAAP inicia série 'Cinema e ditadura: 50 anos do AI-5', com publicação de artigos e exibição de filmes

Newsletter

Dezembro

TV Cult