Atravessar a modernidade dobrando os joelhos Vladimir Safatle

Benjamin, Freud, Bataille e o diagnóstico moderno de desencantamento do mundo

Dossiê | Centenário de Roland Barthes Da redação

Apresentação do Dossiê “Centenário Roland Barthes”, publicado na edição 200 da Revista CULT

A noção de autor em Barthes e no Cahiers du cinéma Leda Tenório da Motta

Leia trecho inédito do livro “Barthes em Godard: críticas suntuosas e imagens que machucam”, de Leda Tenório da Motta, a ser publicado este ano.

A coroação do anti-subjetivismo Carla Milani Damião

No texto ‘Infância berlinense’, a história encobre o sujeito. Mais do que uma estratégia discursiva, há a crítica à subjetividade

A inquietante câmara clara Rodrigo Fontanari

Publicado em 1980, “A câmara clara” é uma espécie de romance barthesiano no qual o escritor faz uma crítica ao próprio fazer fotográfico e realiza um tombeau à sua mãe, Henriette Binger.

A última aventura Claudia Amigo Pino

Barthes deixou notas e manuscritos que revelam o seu desejo de escrever um romance que produziria o mesmo efeito de verdade e de emoção dos grandes romances, mas sem a carga burguesa da escrita realista

O prazer da palavra Leyla Perrone-Moisés

Corporificada numa linguagem sensível, com humor e afeto, a obra teórica de Barthes continua fascinando por sua inteligência e poder de sedução

Um ano barthesiano Da redação

Brasil sediará dois eventos acadêmicos em homenagem ao centenário do nascimento de Roland Barthes

Sexualidade, corpo e desejo em Walter Benjamin Ernani Chaves

A relação mãe-menino-prostituta reata as ligações entre a “civilização” e a Vorwelt

Seis teses sobre as teses Jeanne Marie Gagnebin

Para Benjamin, as “teses” não têm nenhum caráter definitivo, mas oferecem um balanço de pensamento

TV Cult