Dossiê | Pulsão de morte Pedro Ambra

No centenário de ‘Além do princípio do prazer’, este dossiê pretende resgatar a atualidade da proposta de Freud também em sua espessura social

A pulsão de morte e sua crueldade sem álibi Nelson da Silva Junior

O problema da agressividade existe em nós, não podemos eliminá-lo, e também não podemos aceitá-lo. Então, o que fazer?

Pulsão de morte: um conceito reacionário ou revolucionário? Léa Silveira

Desde Wilhelm Reich, autores assumem ou rejeitam a ideia de pulsão de morte. Seja qual for o caso, o debate revisita questões incontornáveis

A gestão da pulsão de morte no capitalismo de plataforma Fábio Luís F. N. Franco

Impelidos pelo anseio de conquistar algo que possa pôr fim ao desprazer cotidiano, trabalhadores são levados ao desgaste físico e psíquico

A morte como objeto, alvo e destino psíquico Paulo Endo

Texto freudiano ‘Além do princípio do prazer’ é também uma reflexão necessária sobre a memória, como apontou Derrida

Morte, política e moral Miriam Debieux Rosa e Diego Amaral Penha

As pulsões e suas manifestações são decorrências da constituição do sujeito e seus destinos ligados às experiências de amparo/desamparo

“O que o tempo transmite e subverte”: heranças de Orides Fontela Patrícia Lavelle 

Se o tempo descura e transfixa, transmite e subverte, desmente e mitifica, como receber as heranças de Orides nos 80 anos de seu nascimento? 

Orides Fontela, aristocrata selvagem Ivan Marques

Tal como Macabéa, que vivia “numa cidade toda feita contra ela”, Orides pode ser vista como uma flor agreste e improvável

Orides Fontela e a filosofia Marilena Chaui

A poesia nasce de uma profanação, e por isso seu nascimento se dá no mundo do sagrado como violência que traz o ser onde só havia o nada

O breviário do Ser Olgária Matos

Na poesia de Orides Fontela, a questão do Ser é filosoficamente primeira e mais importante que a do Outro

TV Cult