Ainda é preciso ler Freud?

Freud continua indispensável para compreender a gênese da civilização humana

Sigi, o tirano

Cartas trocadas entre Freud e Martha Bernays, de 1882 ao casamento, em 1886, revelam o protótipo do amor não realizado

Flechas para conquistar Troia

Sobre o volume “Neurose, psicose, perversão”, das Obras Incompletas de Sigmund Freud

Totem, cartas e tabu

Leia em primeira mão quatro cartas trocadas entre Freud e Martha que estão incluídas em Seja Minha Como Eu Imagino – As Cartas à Noiva, livro recém-publicado na Alemanha

À luz da angústia

Autor de O Traumatismo do Nascimento e discípulo de Freud, Otto Rank romperia com o mestre ao identificar no parto os terrores da existência

O ROMANCE FREUDIANO

O que a edição da CULT deste mês proporciona ao leitor é uma preciosidade, um documento de cultura fundamental para entender a formação afetiva e intelectual daquele que é visto como um dos principais intérpretes da civilização contemporânea. Recém-publicado na Alemanha e ainda sem previsão de lançamento no Brasil, Seja Minha como Eu Imagino – … Continue lendo “Privado: O ROMANCE FREUDIANO”

A pulsão de Freud a Benjamin

A polêmica em torno do termo Trieb é uma oportunidade para a discussão das relações entre tradução, ética e política

A parrésia freudiana Antônio Teixeira

Em que medida é possível fazer do campo freudiano um espaço simultaneamente politizado e autônomo, permeável às negociações políticas

Sai no Brasil romance do austríaco Arthur Schnitzler

Livro conta a história de um oficial tentado pelo suicídio

Sai estudo comparativo sobre Freud e Proust

Jean-Yves Tadié relaciona a visão de mundo do pensador e do escritor

Dezembro

TV Cult