Quem foi Maria Firmina dos Reis, considerada a primeira romancista brasileira Helô D'Angelo

Uma década antes de Castro Alves, a maranhense lançava-se na crítica contra a escravidão de forma inovadora: dando voz a personagens escravizados

Estante: Scholastique Mukasonga, Edimilson de Almeida Pereira, Emily Dickinson Redação

A nova obra memorialística de Mukasonga, a estreia do poeta mineiro na prosa ficcional e o primeiro volume da poesia completa de Dickinson; veja mais

A obra de Jung e seus desdobramentos, em oito livros Redação

Obras analisam o pensamento junguiano, refletem sobre mudanças teóricas e abordam as relações entre o psiquismo e acontecimentos importantes da civilização

De Mikhail Bakhtin a Milan Kundera, os intérpretes de Dostoiévski Aurora Fornoni Bernardini

A polifonia dos romances de Dostoiévski desafia seus leitores e suplanta abordagens reducionistas que opõem razão e emoção

Uma seleção de títulos sobre a obra e o pensamento de Godard Redação

As origens da Nouvelle Vague, a presença do vídeo e as alusões literárias na obra do cineasta francês, entre outros temas

Estante: Jamaica Kincaid, Rosa Montero e Geneviève Azam Redação

Às quintas, uma seleção de lançamentos literários; hoje, um romance de Kincaid, histórias de grandes vidas femininas por Montero e uma carta de Azam à Terra

A nova aparição de Elena Ferrante Natalia Timerman

Fabiane Secches analisa aspectos de ‘A vida mentirosa dos adultos’ e comenta questões literárias levantadas pela obra da autora-personagem italiana

Carlos Orfeu, um pequeno mundo das coisas Manoel Ricardo de Lima

O livro Invisíveis Cotidianos, de Carlos Orfeu, é de uma coragem que só existe naqueles que lutam contra a miséria do pensamento.

Impressões num corpo que não sabe se sabe dançar: alguns passos a partir de I Who Cannot Sing, de Patrícia Lino Laura Assis

Um dos maiores acertos de I Who Cannot Sing, de Patrícia Lino, é ter atingido em suas peças de poesia mixada uma organicidade e uma existência própria.

Stella do Patrocínio, ou o retorno de quem sempre esteve aqui Anna Carolina Vicentini Zacharias

Reviver a memória de Stella do Patrocínio é aliar-se à luta antimanicomial, aos movimentos negros e feministas contra a prisão em massa de pessoas negras.

Novembro

TV Cult