Ana Estaregui e Gabriela Perigo: dança, corpos e gesta Manoel Ricardo de Lima

Pode-se ler no percurso das poetas a expropriação teológica da condição da mulher, numa esferologia cultural hedionda, porque toda construída como machista

Ousadia editorial: “Más intenções”, de Elena Alonso Frayle, e mais Maria Rita Kehl

Resenha de Maria Rita Kehl de um livro de contos espanhol e lançamentos de Manuela D’Ávila, Tereza Albues, João Pimentel e Zé McGill

A guerra de todas as mulheres: “A casa do pai”, de Karmele Jaio, e outros lançamentos Isadora Sinay

“A casa do pai” é abertamente feminista. Mas é curioso que esse seja ainda um projeto tão raro: embora diversas escritoras se declarem feministas, ainda são poucos os livros que tecem sua política na trama narrativa

Carlos Augusto Lima e Jean-Luc Godard: uma conspiração para o desperdício Manoel Ricardo de Lima

Uma resenha sobre os livros “História(s) do cinema” e “Robert Cornelius, fabricante de lâmpadas, vê alguém”, e lançamentos de Vladimir Safatle e George Stock

‘Literatura afeminada’, de Amarildo Felix, e outros lançamentos Redação

No terceiro livro de poesia do escritor, dramaturgo e psicanalista sergipano Amarildo Felix, percorremos um universo poético marcado pela “pele preta”, pelo “corpo gay”, “instrumento para teu prazer”

“As vinte mil léguas de Charles Darwin” e outros lançamentos Redação

Obra baseada no podcast “Vinte mil léguas”, literatura chinesa do século 18, análise da arte de Arthur Bispo do Rosario e outros lançamentos literários

“Escritos sobre arte”, de Vigotski, e outros lançamentos Redação

Lançamentos de Liev Vigotski, Anna Kavan, poesia suméria e literatura nacional

“iô”, de Camila Lourenço, e outros lançamentos Redação

Teatro alemão, prosa argentina, poesia francesa e literatura e teoria brasileiras estão entre os lançamentos da semana

Ler em tempos sombrios Danilo Thomaz

Que livros acompanharam escritoras, escritores e profissionais do livro nos últimos dois anos?

A voz que vibra de perto: “Azagaia”, de André Capilé Laura Assis

Ler “Azagaia” é uma experiência bonita, autêntica e, até por isso, muitíssimo dura

TV Cult