Cancelamento: o punitivismo moral midiatizado Richard Miskolci

Uma forma renovada de autoritarismo viceja em contextos tecnomidiatizados afeitos a converter disputas políticas em batalhas morais. O cancelamento é uma arma tecnológica e midiatizada de disciplinamento e eliminação de dissidentes, além de servir para ameaçar quem mais ousar desafiar suas convicções.

Ferrugem e corrosão Welington Andrade

Trazer à cena o conteúdo corrosivo de Lima Barreto soa como um projeto político dos mais consequentes. Ferrugem e corrosão podem botar abaixo as mais férreas estruturas.

Cinesia alada e a asfixia de Eros Alessandra Affortunati Martins

. Seria disparatado aproximar a tradição helênica de Eros à angeologia judaico-cristã? Essa conexão, que preserva um quê de arbitrário, sustenta-se por alguns fios dispersos que se entrelaçam. Basta pensar na imagem do Cupido, popular desde a Antiguidade romana, para observar rapidamente sobreposições e distorções entre a figura grega de Eros e a iconografia mais … Continue lendo “Cinesia alada e a asfixia de Eros”

Estante Cult | Entre o irônico e o angustiado, a prosa de Serguêi Dovlátov é amargamente hilariante

O que importa em “A mala” de Serguêi Dovlátov é o tom. Entre o irônico e o angustiado, sempre engraçada, a auto-exposição do autor, que lembra a do nosso Oswald de Andrade em Serafim Ponte Grande, é amargamente hilariante.

Algumas reflexões sobre Lacan e o corpo feminino pós-patriarcado Marcelo Veras

A moda prova, por meio dos contornos dos tecidos, que o corpo é um objeto-forma e sua conformação imaginária depende dos elementos inorgânicos nele investidos. A menção ao inorgânico é um modo de pôr em relevo a experiência do corpo para além da referência ao falo. O sex appeal do inorgânico pensa o corpo como um “dar-se como coisa que sente e agarrar uma coisa que sente”.

Freud no Oriente Médio: entre a vítima e o agressor Daniel Kupermann

O terrorismo e a violência militarista têm, ambos, o dom de sequestrar nossos espíritos e de mobilizar nossas piores paixões, com destaque para o ódio destruidor. Frente ao horror provocado pela ideia dos atos hediondos terroristas e da impiedosa resposta militarista, nosso pensamento se paralisa, e a primeira reação é a paixão vingativa.

Mais um acordo pelo alto Vladimir Safatle

Se for perguntado por que a democracia brasileira reagiu mal à tentativa de golpe do 8 de janeiro, por que ela continua frágil e vulnerável, a resposta verdadeira é: porque tentamos, mais uma vez, resolver tudo produzindo um acordo pelo alto em um momento no qual, ao contrário, seria necessário justiça e reconhecimento do dolo

“Saltburn”: Uma fábula anarcocapitalista dançante Ivana Bentes

Eis a fábula anarcocapitalista dançante. Eis o triunfo do “chegar lá” vendido por todos os coachs contemporâneos do sucesso e da prosperidade

A pior direita do mundo quer fazer do Brasil o pior lugar do mundo  Tales Ab'Sáber

A grotesca mobilização de uma CPI em São Paulo para perseguir um homem universalmente reconhecido por seu trabalho como bom e justo, mas não por bolsonaristas e MBLs, é o retrato final do puro veneno que se tornou a direita brasileira

Confira os livros do ano de personalidades da cultura em 2023 Redação

Atrizes, psicanalistas e intelectuais de diferentes áreas da cultura comentam seus livros preferidos de 2023.

Fevereiro

TV Cult