Arcas de Babel: Marcelo Lotufo traduz C. D. Wright Curadoria Patricia Lavelle

Poetas compartilham seus trabalhos de tradução em curso; Lotufo mostra uma série inédita da estadunidense, que será publicada no Brasil pela Jabuticaba

“A vida é o tempo que levei para chegar até aqui”: uma leitura da poesia de Marcos Siscar Diana Junkes

Na poesia de Siscar, a partida é permanente tanto quanto o regresso; mesmo que doloroso, “voltar à casa é como tirar a casca e reabrir a ferida”

Arcas de Babel: Maria Cecilia Brandi traduz Ben Lerner Curadoria Patrícia Lavelle

Poetas mostram seus trabalhos de tradução em curso; Brandi adianta trechos de ‘Percurso livre médio’, de Ben Lerner, que sai em agosto pela Jabuticaba

Arcas de Babel: Rafael Zacca traduz Sylvia Plath Curadoria Patrícia Lavelle

Poetas compartilham seus trabalhos de tradução em curso; Zacca mostra poemas de Plath que elaboram sinestesicamente a vida ‘na’ e ‘pela’ linguagem

O coice da égua: um livro para enfrentar ‘os dias que estão’ Helena Zelic

Primeiro livro de Valeska Torres não é apenas retrato da sobrevivência no Rio, uma cidade de violência e cólera: é também um manual de ação

“Minha poesia, meu corpo e minha sombra procuram ‘um modo de sobreviver ao real'” Tarso de Melo

Aos 80, Armando Freitas Filho fala sobre suas quase seis décadas dedicadas à poesia. “Arremate”, seu novo livro, sai em novembro pela Cia das Letras

Arcas de Babel: André Capilé traduz Danez Smith Curadoria Patrícia Lavelle

Poetas compartilham seus trabalhos de tradução em curso; André Capilé adianta poemas de Danez Smith que saem em setembro pela Bazar do Tempo

Márcia Wayna Kambeba: para ouvir o choro do nosso chão Alberto Pucheu

Oriunda dos povos originários, a poeta resguarda o exemplo singular ancestral, atualizando-o como necessidade de sobrevivência

Arcas de Babel: Natália Agra traduz Patti Smith Curadoria Patricia Lavelle

Poetas compartilham seus trabalhos de tradução em curso; Natália Agra mostra poemas de Patti Smith em homenagem a Robert Mapplethorpe

Matheus Guménin Barreto: poiesis em meio à noite Caio Cesar Esteves de Souza

“Mesmo que seja noite” aponta caminhos para que possamos repensar nossa relação com a linguagem, os corpos e o mundo miserável que nos cerca

TV Cult