Onde foi parar o respeito, onde foi parar o amor? Eliane Dias

Respeitar a identidade de gênero e a orientação sexual de uma pessoa é o mínimo que um pode fazer pelo outro

Queermuseu, Brasil, 2017 Marcia Tiburi

Conservadores sempre buscaram administrar o desejo dos outros. Metem-se com as artes porque sabem que a esfera estética é estratégica para os jogos do poder






A homofobia dos magistrados Christian Dunker e Renan Quinalha

No país que mata uma pessoa LGBT a cada 25 horas, a ‘liberdade científica’ não pode ser confundida com a estigmatização de grupos já vulnerabilizados






‘Quelônio solto #03’ e ‘A órbita de King Kong’ Circuito literário

Na 3ª edição de ‘Quelônio solto’, textos de Heitor Ferraz, Cristovão Tezza, Ana Rüsche e Luciana Araujo. E a narrativa do 1º voo espacial com José L. Passos






‘Antologia fantástica da República brasileira’, de José Luiz Passos Circuito literário

Mistura de conto e ensaio, o livro percorre cem anos de República brasileira para refletir a influência de interesses e da vida privada na formação nacional






‘O peso do pássaro morto’, de Aline Bei Circuito literário

Misturando certo ritmo poético e teatral, a narradora, deste que é o livro de estreia de Bei, relembra afetos e perdas desde que tinha 8 anos até os 52






‘O equivocrata’, de Raul Fiker Circuito literário

Em seu livro de estreia, originalmente publicado há 41 anos, Fiker transita por cenas cotidianos com o tom desregrado e vertiginoso do surrealismo






Queermuseu e o obscurantismo dos cidadãos de bem Renan Quinalha

A nossa tarefa passa por tirar as instituições culturais do controle dos bancos e empresas privadas, forjando novos modos de financiamento da cultura por critérios públicos e representativos da sociedade






‘Reinvenção da intimidade’, de Christian Dunker Circuito literário

Compilação de 49 artigos, o livro propõe pensar o sofrimento em relação às mutações contemporâneas e às novas experiências que ensejam






Setembro

TV Cult