Moedor Tarso de Melo

Está difícil pensar em “sociedade livre, justa e solidária” por aqui, como diz nossa combalida Constituição

Os ‘moradores de rua’ e a banalização do inconcebível Tarso de Melo

A existência de ‘moradores de rua’ alerta para verdades sobre o significado político, econômico e cultural de um sistema que despreza a vida

A lama, nosso espelho Tarso de Melo

Olhar para a lama de Brumadinho dói porque a lama nos espelha. É a nós mesmos que vemos na lama. É nosso passado, presente, futuro

O trabalhador está nu – ou quase Tarso de Melo

O silêncio que se segue à afirmação de que “os trabalhadores têm direitos demais” é resultado de um longo trabalho de demonização da classe trabalhadora

É hora de enfrentar as passas, cidadãos! Tarso de Melo

Não terei muita dificuldade para reunir pessoas que preferem uvas passas no arroz às notícias do novo governo federal do Brasil

Os 70 anos – e o futuro – da Declaração Universal dos Direitos Humanos Tarso de Melo

Texto, que completa 70 anos no dia 10 de dezembro, ganha significação extraordinária em meio às ameaças em nosso horizonte

As eleições da OAB e a defesa da democracia Tarso de Melo

Precisamos de muita disposição dentro de cada terno, atrás de cada gravata, porque não faltam razões aos advogados e advogadas para lutar

Tire o seu “tudo bem?” do meu caminho Tarso de Melo

De repente, aquela perguntinha, tantas vezes ouvida sem atenção, mostra-se capaz de disparar conversas nada amenas sobre a vida

“Volta pra base e vai procurar entender” Tarso de Melo

Nas palavras de Mano Brown há o essencial do que devemos fazer para que tenhamos condições de disputar politicamente os rumos do país

Nem poesia, nem pão, nem circo Manoel Ricardo de Lima

A poesia de Tarso de Melo é esperança de frescor para disseminar a ideia de que a humanidade pode escapar da condenação de morrer numa uniformidade final

TV Cult