A negação de todos os poderes Marcia Tiburi

A arte é a negação de todos os poderes que nos permite ver o mundo, o corpo, a nudez, a roupa, o espaço, o tempo de outro modo.

Queermuseu, Brasil, 2017 Marcia Tiburi

Conservadores sempre buscaram administrar o desejo dos outros. Metem-se com as artes porque sabem que a esfera estética é estratégica para os jogos do poder

Sobre o novo romance de Ana Paula Maia Marcia Tiburi

Os personagens de ‘Assim na terra como embaixo da terra’ – tão direto quanto um conto – nos confrontam e já não podemos fechar as páginas do espaço em que habitam

O poder positivo: a questão do design conceitual Marcia Tiburi

Vemos o poder afirmar-se cada vez mais como violência. Mas será só isso? Será que é por estar associado à violência que tendemos a pensar que o poder é mau?

Crítica da razão negra: marcação e contramarcação Marcia Tiburi

Livro de Achille Mbembe, puxa o fio de linha podre que sustentava a trama racista na história européia da qual somos herdeiros

Um marido para Michel Temer Marcia Tiburi

A misoginia de Temer é antiquada, cheira à século 19, a época dos coronéis e dos vampiros, ao qual o político está ligado real e imaginariamente

‘Laerte-se’, o documentário Marcia Tiburi

Filme de Lygia Barbosa da Silva e Eliane Brum sugere ligações riquíssimas, e nos dá dicas para pensar a analogia possível entre a obra desenhada de Laerte e sua vida

Educação meia-boca Marcia Tiburi

Sobre a dissociação da consciência

Infelicidades contemporâneas Marcia Tiburi

Falar da felicidade se torna um desafio quando muita gente tenta transformá-la em uma bobagem, uma caretice, um assunto do passado

Dezembro

TV Cult