Revisando a ditadura militar Wilson Gomes

Sem fundamentos, o negacionismo histórico da ditadura militar saiu da internet e já está ocupando algum lugar offline perto de você

Whatsapp e campanha eleitoral: o que nos espera em 2018 Wilson Gomes

Em grupos privados, usuários sentem-se fora do alcance da Justiça e de constrangimentos morais. Como a ferramenta impactará as eleições?

Cadê a agenda da resposta à crise da economia brasileira que estava aqui? Wilson Gomes

Às vésperas das eleições, o tema da resposta política à crise econômica deixou de ser o centro da vida pública para se tornar uma agenda de nicho

Precisamos falar sobre a direita Wilson Gomes

Cada vez mais pessoas reivindicam-se como sendo de direita, ao mesmo tempo em que a expressão se torna ainda mais polissêmica e distorcida

Lula lê?! Wilson Gomes

Lula teria lido, na prisão, 21 livros em 57 dias. Mas é claro que Lula não pode ter lido tanto. É claro que Lula não pode ter lido. É claro que Lula não lê.

Intervenção militar, já Wilson Gomes

A ideia do pai autoritário que vem reordenar o caos é o novo fetichismo político brasileiro – e nada tem de democrático

Reinaldo Azevedo e a direita Wilson Gomes

Antes usado como métrica para calibrar a extrema direita, Azevedo foi deixado para trás pelos próprios conservadores brasileiros

Meu amigo conservador de direita Wilson Gomes

Meu amigo conservador é bem mais lúcido do que muito cientista político ao identificar na disputa moral as raízes do bolsonarismo

A esquerda e o cenário eleitoral pós-Lula Wilson Gomes

Se o PT continuar priorizando Lula, o segundo turno pode ser disputado entre um candidato da direita e um da extrema-direita

Bolsomito e a geração lacradora Wilson Gomes

A correlação entre cultura juvenil digital, comportamentos políticos hostis às minorias e apoio a candidatos ultraconservadores

TV Cult