Primórdios da psicanálise no Brasil Marina Massi

Foi na centralidade das áreas urbanas, como São Paulo e Rio de Janeiro, que a psicanálise floresceu, sob a égide de parte da medicina vigente e do movimento modernista

O tempo na obra de Aníbal Quijano Rita Segato

A reidentificação de mulheres, camponeses, indígenas, mestiços e negros como parte de uma nova temporalidade

Dossiê | Aníbal Quijano, o mundo a partir da América Latina Carla Rodrigues e Danilo Assis Clímaco

Peruano elaborou uma compreensão ousada da história da modernidade e do capitalismo na qual a América Latina aparece como a primeira identidade moderna

A tenacidade da inquietude de Aníbal Quijano Danilo Assis Clímaco

Passado um ano da morte do pensador peruano Aníbal Quijano, uma avaliação de sua obra e do conceito de colonialidade do poder, que o tornou conhecido

O feminismo decolonial Susana de Castro

Negras, latinas, indígenas, asiáticas criticam o feminismo branco da segunda onda que ignorou os diversos matizes da opressão de gênero

A colonialidade e Porto Rico Ángel G. Quintero-Rivera

Algumas chaves para adentrarmos na dimensão porto-riquenha das análises e utopias do sociólogo Aníbal Quijano, um dos mais importantes do nosso tempo

Dossiê | Como a filosofia pensa o cinema? Dalila Martins

Neste dossiê, veremos como importantes filósofos lidam com a contradição da natureza cinematográfica

O Esboço de Marselha Miguel Vedda

Os primeiros textos de Siegfried Kracauer para sua teoria sobre cinema revelam um pathos político ausente na versão final

Como Adorno encarou o cinema Mateus Araújo

Filósofo nos legou sobre o cinema dois textos importantes e uma série de observações agudas, espalhadas em outros escritos voltados para assuntos diversos

O cinema e o clichê em Gilles Deleuze Ricardo Nascimento Fabbrini

O cinema de vidência (e não de ação e reação) como o de Godard, seria, segundo Deleuze, um prolongamento do pensamento da diferença

TV Cult