A infinidade de amores na dor de existir Nadiá Paulo Ferreira 

O discurso psicanalítico, ao investigar os fundamentos do amor, apresenta o que os poetas já sabiam: o encontro da verdade com o saber não decifra a verdade 

Infraestrutura, educação e política cultural

Superar o velho desenvolvimentismo e perguntar: que sociedade desejamos?

Uma ética nietzschiana

Dossiê: Genealogia e transvaloração dos valores morais para naturalizá-los

Nietzsche e a religião

Dossiê: As religiões não seriam manifestações essenciais das forças niilistas da decadência?

O mal de um professor de filosofia

Doutor Fausto, de Thomas Mann, retrata a ciência concreta de uma revolução conservadora, mas o leitor não se torna refém do demoníaco

Epidemia do desencanto

Wilker Sousa Estudos recentes da Organização Mundial da Saúde (OMS) indicam que, em 2030, a depressão será a principal causa de incapacitação, à frente inclusive das doenças cardiovasculares. Atualmente, estima-se que 121 milhões de pessoas sofram da doença, segundo a OMS. As estatísticas são alarmantes e apontam para um problema de saúde pública. Enfrentá-lo, porém, … Continue lendo “Epidemia do desencanto”

Do patológico ao humano universal

Decio Gurfinkel A depressão é uma vivência subjetiva da maior importância na vida dos homens. A contribuição psicanalítica nesse campo é bastante variada; nesta aproximação introdutória, será enfatizada a passagem que se deu, ao longo dos estudos psicanalíticos, do patológico ao universal. Ou seja, partindo do estudo das diversas formas de adoecimento depressivo, chegou-se à … Continue lendo “Do patológico ao humano universal”

Custos e história de uma doença

Táki Cordás Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) baseados em trabalhos realizados na Europa, nas Américas, na África, no sudoeste da Ásia e na Oceania apontam a depressão como responsável por 12% de todo o período de inatividade no trabalho registrado no mundo. A mesma OMS estimou, no mês passado, que em 2030 a … Continue lendo “Custos e história de uma doença”

Principais diferenças entre tristeza normal e depressão, segundo a psiquiatria

Características Tristeza normal Depressão Situação desencadeante Sempre presente Ausente. Se eventualmente presente, o indivíduo tende a exagerar seu significado e importância de forma catastrófica para sua vida e a de seus familiares Avaliação da situação Reconhecida como uma reação normal pelo indivíduo e por familiares e amigos O indivíduo (às vezes) e os familiares e … Continue lendo “Principais diferenças entre tristeza normal e depressão, segundo a psiquiatria”

Entrevista – Maria Silvia Bolguese

Maria Silvia Bolguese, psicanalista e membro do Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae CULT – O que é a depressão? Maria Silvia Bolguese – Em relação à psicanálise, quero destacar que a depressão pode ser compreendida considerando-se um espectro que vai desde os estados depressivos considerados normais, ou seja, reações de recolhimento do sujeito … Continue lendo “Entrevista – Maria Silvia Bolguese”

TV Cult