Itamar Assumpção tem vida e obra celebradas em museu virtual

Itamar Assumpção tem vida e obra celebradas em museu virtual
Itamar Assumpção em 1987; museu virtual em homenagem ao artista abre hoje (Foto: Manoel Soares/Agência O Globo)

 

[Música] Museu Virtual Itamar Assumpção

Nesta sexta-feira (20) acontece a abertura do Museu Virtual Itamar Assumpção (MU.ITA) em homenagem ao cantor, compositor, escritor, instrumentista, ator e produtor paulista. Com direção geral de Anelis Assumpção, filha do artista, o museu conta com um acervo de mais de dois mil itens do músico, exibidos em uma mostra permanente. Além disso, o projeto também terá exposições de curta duração de artistas contemporâneos, loja exclusiva e um espaço dedicado a trabalhos relacionados a religiões de matriz africana, a Sala Serena. A curadoria é assinada por Anelis, Frederico Teixeira e Ana Maria Gonçalves.

O museu traz uma perspectiva preta e afrofuturista para a história de Assumpção, principal nome da vanguarda paulista, e situa o seu legado em meio a trajetória de outros artistas e pensadores negros como Elza Soares, Jimi Hendrix e Abdias Nascimento. Na plataforma, ainda é possível ouvir todos os discos do músico, recentemente disponibilizados nas plataformas de streaming. O museu será também o primeiro no Brasil a disponibilizar traduções para o iorubá. Para celebrar a abertura, Anelis faz uma live hoje às 21h30 cantando músicas do pai. A transmissão acontece pelo site do museu.


[Cinema] Cine África

Até a próxima quinta (26) dá para assistir aos curtas-metragens da mostra Quartiers Lointains – Afrofuturismo, parte da programação do Cine África, exibido pelo Cine Sesc. Com curadoria de Claire Diao (Burkina Faso/França), a mostra exibe filmes que trazem a diversidade de narrativas que surgem da África em torno do universo do afrofuturismo. E daí se as cabras morrem? (Sofia Alaoui, França, Marrocos), Este foi para o mercado (Jim Chuchu, Quênia), Ethereality (Kantarama Gahigiri, Suíça, Ruanda), Hello, rain (C. J. Obasi, Nigéria) e Zumbis (Baloj, República Democrática do Congo, Bélgica) são os títulos em cartaz. Veja a programação completa e assista aos curtas pelo site do Sesc Digital.

[Dança] Dançadoras de Histórias

Nesta sexta (20) e na próxima (27), às 19h, a Ouvindo Passos Companhia de Dança apresenta o espetáculo Dançadoras de Histórias em parceria com o Centro de Referência da Dança da Cidade de São Paulo. As apresentações buscam valorizar as ancestralidades e oralidades negras por meio do corpo como peça central das conexões e atribuições de sentido entre as pessoas. As coreografias são criadas a partir de atividades de improvisação, inspiradas nas narrativas da arte educadora Beth Castro. Grátis, no Facebook da companhia.

[Bate-papo] Diálogos de Bastidores

Nesta sexta (20), às 19h30, os guitarristas Lupa Santiago e Ricardo Silveira participam de uma conversa sobre música, guitarra e produção musical no Brasil e no mundo. Promovido pelo Sesc 24 de Maio, o bate-papo faz parte da série Diálogos de Bastidores, que une músicos de gerações diferentes, mas que tocam o mesmo instrumento, para trocar ideias sobre o ramo. Grátis, no Youtube.

[Bate-papo] Programação Mês da Consciência Negra

A partir desta sexta (20) até o dia 30/11, o Sesc Rio apresenta uma série de lives em consonância com o Dia da Consciência Negra. Há conversas sobre reconstrução da identidade negra, cuidado com cabelos crespos, mercado editorial para autores negros, diálogos sobre o continente africano, entre outros temas. Veja a programação completa no site do SESC Rio.

[Música]  Encontros Tropicais

Neste sábado (21), às 20h, a cantora Iza e o maestro Letieres Leite, com sua Orkestra Rumpilezz, recebem Carlinhos Brown, Margareth Menezes, Larissa Luz, BNegão, Mateus Aleluia, ChicoCorrea, João Milet Meirelles e Lazzo Matumbi para celebrar a música preta brasileira. O espetáculo acontece no Museu do Ritmo, em Salvador, e será transmitido pelo Youtube da Devassa e pelo canal Multishow.

[Música] Orquestra Ouro Preto

Também neste sábado (21), às 20h30, a Orquestra Ouro Preto homenageia Fernando Brandt e Milton Nascimento com um repertório cheio de clássicos de Brandt interpretados por Milton. Estão no repertório canções como “Travessia”, “Milagre dos Peixes”, “Encontros e Despedidas”, “Canção da América” e “Maria Maria”. Com regência do Maestro Rodrigo Toffolo e participação da cantora Mariana Brandt, a apresentação acontece na Igreja Nossa Senhora do Carmo (sem plateia) e transmitido pelo Youtube da orquestra.

[Webinário] Encontro Paulista de Museus

A partir de segunda (23) até a próxima sexta (27) acontece a 11º edição do encontro, que neste ano trabalha o tema “Museus, Sociedade e Crise: do luto à luta” . Na programação diária de painéis e debates, discussões sobre o papel do público no futuro dos museus, a sustentabilidade e acessibilidade das instituições, entre outros temas. Na quarta (25), o público é convidado a responder à pergunta “O que você espera encontrar nos museus hoje?”. Grátis, no Youtube do SISEM-SP.

[Arte visuais] Linhas da Vida

A partir desta segunda (23) a mostra reúne trabalhos de diferentes períodos da artista japonesa Chiharu Shiota, cujas obras tratam de temas relacionados à memória, vida e a morte por meio de objetos do cotidiano e fios de lã. Grátis, no CCBB Brasília no Google Arts and Culture. Para os brasilienses, a mostra acontece presencialmente no CCBB até 6/12. É preciso reservar ingressos pelo Eventim.


> Assine a Cult. A revista de cultura mais longeva do Brasil precisa de você

Deixe o seu comentário

Dezembro

TV Cult