‘A personalidade autoritária’ hoje: por que o fascismo volta a fascinar? Douglas Garcia Alves Júnior

Adorno e os pesquisadores de Berkeley abriram caminhos para a consideração da mediação subjetiva do preconceito e do entusiasmo por regimes de força

Uma dialética do especulativo e do concreto Ricardo Musse

Em Adorno, esses dois momentos encontram-se tensionados entre o universal e a concreção histórica característica da singularidade

Theodor Adorno: dialética come diavolo Vladimir Safatle

A segunda metade do século 20 conviveu de forma difícil com Adorno, que jogava incômoda sombra na efetividade

Crítica e rememoração Márcio Seligmann-Silva

O filósofo que articulou crítica do conhecimento, crítica social e crítica de arte sob as catástrofes históricas do século 20

Resistir às sereias Jeanne Marie Gagnebin

A análise do episódio das Sereias, da Odisseia, está no cerne do pensamento adorniano sobre o grande sistema de dominação social que constitui a Aufklärung

A inescapável dominação da natureza Theodor Adorno e Max Horkheimer

Trecho da ‘Dialética do Esclarecimento’ em que Adorno e Horkheimer analisam o episódio das Sereias da Odisseia de Homero

O enigma compartilhado Susana Kampff Lages

A interpretação que Adorno fez de Kafka procura interrogar asperezas, incongruências e imperfeições da obra do autor de ‘O processo’

Uma ética da representação em Adorno Manuel da Costa Pinto

‘Folha explica Adorno’, de Márcio Seligmann-Silva, explora a obra adorniana, que inclui relações com a alienação social, a opressão e a reificação

Dialética e experiência crítica Vladimir Safatle

A dialética negativa, ao menos para Adorno, é a única forma própria a nosso tempo de articular crítica efetiva e ação

Fora da torre de marfim: três textos de intervenção de Theodor W. Adorno Felipe Catalani

Esses três pequenos textos vão contra a imagem construída de Adorno como o filósofo da torre de marfim indiferente a toda conjuntura política e social

Novembro

TV Cult