Entre a totalidade e a fragmentação

Para o crítico Ismail Xavier, a marca central do cinema de Glauber Rocha consiste na invenção de um estilo feito de tensões e convivência de contrários

O erro de Marx Pierre Bourdieu

Em texto inédito, o sociólogo francês Pierre Bourdieu mostra onde o marxismo pode errar

De que filosofia do acontecimento a esquerda precisa?

Segundo Alain Badiou: recuperar a ontologia e impedir que a ação política perca seu solo de orientação Vladimir Safatle  Alain Badiou é um nome que, aos poucos, firmou-se como referência importante nos debates sobre a renovação do pensamento de esquerda. Juntamente com Jacques Rancière e Etienne Balibar, Badiou representa atualmente o desdobramento intelectual mais visível … Continue lendo “De que filosofia do acontecimento a esquerda precisa?”

Humilhação

A política é uma instituição que administra a nossa humilhação

Para além de uma dicotomia

A separação entre a prática reformista e o pensamento revolucionário é um entrave à reflexão política

A Prosperidade do Vício

O  renomado economista francês Daniel Cohen relata, com linguagem acessível ao público não especializado, as práticas do homem ocidental para enriquecer e revela como os desafios da economia são claramente políticos. Sua estratégia consiste em relacionar história, economia, política e meio ambiente com fartos exemplos para analisar o mundo atual. Apresentada em capítulos curtos, sua … Continue lendo “A Prosperidade do Vício”

Arte e Política

A  obra é uma coletânea de artigos que representam o esforço para refletir sobre duas realidades próprias, a arte e a política, cuja reunião engendra inúmeras possibilidades estéticas e sociais. Os autores detêm-se no entrecruzamento dessas duas áreas de conhecimento e ação, assumindo uma postura interdisciplinar. Originados das mais diferentes instituições universitárias, os autores possuem … Continue lendo “Arte e Política”

Escola unitária

Gramsci entendeu que a educação tona-se dimensão estratégica na luta pela transformação social Rosemary Dore Gramsci não era professor, mas um “educador” no sentido lato do termo. Não de um ponto de vista dogmático – que ele tanto condenou –, mas de um ponto de vista dialético, atualizando as teorias que estavam na base dos … Continue lendo “Escola unitária”

Gramsci na América

O americanismo, para Gramsci, apareceu como resposta ao ciclo revolucionário europeu Ruy Braga O nome de Antonio Gramsci está indelevelmente associado à luta contra o fascismo na Itália. Refinado intérprete da cultura italiana, além de arguto analista da história e da vida política da “Bota”, poucos se lembram que Gramsci foi também um influente estudioso … Continue lendo “Gramsci na América”

Cultura para todos

A renovação aportada por Gramsci ao conceito de cultura atesta a vitalidade não adormecida de seu pensamento Giorgio Baratta “Cultura” – escreve Gramsci no 23º de seus Cadernos do Cárcere (1929-1935) – “é uma concepção de mundo e de vida, coerente, unitária e de difusão nacional; é uma religião laica. Uma filosofia que se tornou … Continue lendo “Cultura para todos”

Dezembro

TV Cult