Scotus e a Liberdade

João Duns Scotus (1266-1308) é uma das mais influentes figuras do pensamento medieval. Foi um dos maiores defensores da liberdade. Para ele, os atos humanos não são todos determinados de modo necessário pela natureza humana ou por circunstâncias exteriores, nem mesmo ditados pela razão. Muitos são radicalmente livres, determinados de modo contingente pela vontade, a … Continue lendo “Privado: Scotus e a Liberdade”

Oscar Wilde e os direitos homossexuais

A condenação do escritor pela opção sexual está na raiz da luta antipreconceito   Quando Oscar Wilde irrompeu na cena intelectual e mundana da Londres dos anos 1880, o amor entre pessoas do mesmo sexo gerava uma vaga consciência social. Sua existência era mais conhecida por termos eufemísticos como “sodomia”, “pecado nefando”, “uranismo” ou “pederastia”. … Continue lendo “Oscar Wilde e os direitos homossexuais”

Rui Knopfli – Antologia Poética

Talvez por não aderir ao discurso explicitamente político, o moçambicano Rui Knopfli (1932-1997) teve uma existência poética mais discreta, com uma obra reconhecida apenas postumamente. A relação afetiva com a cultura africana, no entanto, é bastante presente nos poemas, assim como a preocupação com a própria escrita – e a presença da poesia por entre … Continue lendo “Privado: Rui Knopfli – Antologia Poética”

80

A ação encantadora do silêncio A despeito da convivência das duas línguas tanto passada quanto  recente, a verdade é que poucas obras literárias foram até agora traduzidas do japonês para o português. Íntima relação com o Sol Talento e escândalo se unem na trajetória de Yukio Mishima, o homem da renascença do Japão do pós-guerra. … Continue lendo “80”

91

Atualidade e permanência de Sartre O que é feito de Sartre 25 anos depois de sua morte? Qual o sentido de celebrarmos o centenário de seu nascimento?   Liberdade e compromisso De todas as relações que se possa estabelecer na filosofia de Sartre, talvez não se possa apontar alguma mais íntima do que aquela que … Continue lendo “91”

Em Defesa das Causas Perdidas

Um dos mais polêmicos pensadores atuais, Slavoj Zizek investiga o cerne das chamadas políticas totalitárias do passado, oriundas do que se convencionou nomear de causas perdidas. Examinando o terror revolucionário de Robespierre, dos bolcheviques e da Revolução Cultural de Mao Tsé-tung, o autor argumenta que, apesar de essas lutas terem resultado em fracassos históricos, havia … Continue lendo “Privado: Em Defesa das Causas Perdidas”

A TV digital pode nos libertar do apartheid

O público será o último a saber. Quem decidirá a respeito de mais programas e interatividade serão as emissoras Laurindo Lalo Leal Filho No final dos anos 1980, anunciava-se no Brasil a chegada da televisão por assinatura. Dezenas de canais seriam oferecidos ao público, rompendo os estreitos limites da televisão aberta, único modelo de transmissão … Continue lendo “A TV digital pode nos libertar do apartheid”

Choque de aparências

Obra-prima de Henry James expõe embate ideológico entre a experiência europeia e a banalidade do capitalismo americano

Um padrão de qualidade

Fernando Barbosa Lima, o criador de tantos bons programas da nossa TV, fala sobre passado, presente e futuro da telinha Fernando Barbosa Lima é um nome que equivale dizer televisão. Aos 73 anos e cinqüenta e tantos de carreira, tem no seu portfólio mais de 100 séries de programas como Preto no branco, Abertura, Jornal … Continue lendo “Um padrão de qualidade”

Fevereiro

TV Cult