Precisamos falar sobre o “lugar de fala” Wilson Gomes

“Lugar de fala” é o novo fundamentalismo político. Refúgio de dogmáticos e intolerantes que concedem-se prerrogativas de superioridade moral

Trinca Brasil: um lembrete do país que amamos Eliete Negreiros

Num momento em que aqueles que estão no poder veem a cultura e os artistas como inimigos, eis que a cultura brota com força, beleza, exuberância

Fome coletiva por nossa história escondida Bianca Santana

As mulheres que utilizam a escrita como possibilidade de serem autoras e autoridades de suas próprias vidas, e do pensamento social brasileiro

A questão ética Marcia Tiburi

A urgência da ética não deve ser vista como um sinal do fracasso da cultura humana, como se a ideia de humanidade fosse uma abstração ultrapassada

Por que amamos Paulo Leminski? Tarso de Melo

Poucos poetas fizeram e fazem tanto sucesso como o curitibano, que completaria 75 anos neste final de agosto

O tempo na obra de Aníbal Quijano Rita Segato

A reidentificação de mulheres, camponeses, indígenas, mestiços e negros como parte de uma nova temporalidade

Dossiê | Aníbal Quijano, o mundo a partir da América Latina Carla Rodrigues e Danilo Assis Clímaco

Peruano elaborou uma compreensão ousada da história da modernidade e do capitalismo na qual a América Latina aparece como a primeira identidade moderna

A tenacidade da inquietude de Aníbal Quijano Danilo Assis Clímaco

Passado um ano da morte do pensador peruano Aníbal Quijano, uma avaliação de sua obra e do conceito de colonialidade do poder, que o tornou conhecido

O feminismo decolonial Susana de Castro

Negras, latinas, indígenas, asiáticas criticam o feminismo branco da segunda onda que ignorou os diversos matizes da opressão de gênero

A colonialidade e Porto Rico Ángel G. Quintero-Rivera

Algumas chaves para adentrarmos na dimensão porto-riquenha das análises e utopias do sociólogo Aníbal Quijano, um dos mais importantes do nosso tempo

TV Cult