Nas instâncias do poder Amanda Massuela

As vereadoras mais votadas nas cinco maiores capitais brasileiras na última eleição defendem pautas diversas, da causa animal à educação infantil em tempo integral. Em comum, compartilham trajetórias de militância em uma estrutura política que as exclui sistematicamente   Dos 57.691 vereadores eleitos no dia 2 de outubro deste ano, 7.790 são mulheres, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Isso significa que, a partir de … Continue lendo “Nas instâncias do poder”

Paulo Mendes da Rocha: “Um dos paradigmas da arquitetura é evitar o desastre” Angélica de Moraes

Há setenta anos em atividade, Paulo Mendes da Rocha é o arquiteto brasileiro mais premiado de todos os tempos. Ele recebeu a CULT em seu escritório, na região central de São Paulo, onde falou sobre segregação, o legado que irá deixar e os paradigmas da arquitetura   Paulo Mendes da Rocha costuma ser identificado como arquiteto. … Continue lendo “Paulo Mendes da Rocha: “Um dos paradigmas da arquitetura é evitar o desastre””

A política dos sem-política Marcia Tiburi

Aqueles que se elegeram a partir do discurso antipolítico fizeram política enquanto, ao mesmo tempo, a negaram   Políticos foram eleitos no último pleito sustentando um discurso, no mínimo, estranho. Alegavam que não eram políticos. Os que votaram neles, aprovando o ato, sem a mínima atenção a essa estranheza, caíram em uma armadilha. Tivessem feito … Continue lendo “A política dos sem-política”

Antinomias do amor contemporâneo Francisco Bosco

Tensões produzidas pela equação das relações amorosas modernas   Conversando recentemente com uma amiga psicanalista, ela me contou, um tanto surpresa, que mesmo nesses tempos sombrios da vida social brasileira o problema das relações amorosas permanecia hegemônico na sua clínica. Seguimos conversando sobre o momento político, mas silenciosamente registrei sua observação. Não porque ela tenha … Continue lendo “Antinomias do amor contemporâneo”

Dezembro

TV Cult