Vinte anos depois, poeta publica tradução de ‘tweets’ do Império Romano Helô D'Angelo

Com micropoemas obscenos e políticos de Marco Valério Marcial datados do século 1, ‘Epigramas’ revela que ainda rimos das mesmas coisas

A antipoesia de Nicanor Parra João Gabriel Mostazo Lopes

Nos últimos 70 anos, a obra de Nicanor Parra foi da poesia ecológica ao chiste, da pregação religiosa à profecia do fim do mundo, sempre na procura de uma poesia próxima da vida real

Do ponto de vista de um útero, poeta recria a história do Brasil Helô D'Angelo

No livro ‘Sangria’, Luiza Romão espelha o ciclo menstrual em 28 poemas que reinterpretam o Brasil de uma perspectiva feminina

Interior via Satélite

Pode-se dizer que Marcos Siscar (1964) é uma de nossas vozes poéticas inovadoras. Seu percurso mostra um trabalho rigoroso e comprometido com a poesia, que se reflete na atividade como pesquisador e professor de teoria literária (hoje na Unicamp), em uma intensa atuação no que poderíamos chamar de “reflexão-prática” poética. O que vemos neste seu … Continue lendo “Interior via Satélite”

Meu Coração Desnudado

Annita Costa Malufe Mon Coeur Mis à Nu e Fusées (na tradução, Rojões) são dois conjuntos de folhas avulsas, escritas a partir de 1859 e 1855, respectivamente, deixadas por Baudelaire. Embora publicados inicialmente sob o título de Journaux Intimes (Diários Íntimos), tal denominação, segundo o tradutor, Tomaz Tadeu, seria imprópria, já que não teria sido … Continue lendo “Meu Coração Desnudado”

Escrito sobre Jade – Poesia Clássica Chinesa

por: Annita Costa Malufe Esta reedição ampliada da “transcriação” de Haroldo de Campos (1929-2003) de poemas representativos da China clássica é um pequeno objeto de luxo: capa dura, papel mais encorpado, ornamentos de estampas tradicionais chinesas e a presença dos poemas originais em fac-símile. A edição bilíngue, neste caso, encontra sua razão de ser muito … Continue lendo “Escrito sobre Jade – Poesia Clássica Chinesa”

Últimos poemas de amor

por: Annita Costa Malufe Ústa é a primeira tradução no Brasil da coletânea Derniers Poèmes d’Amour, que reúne poemas de temática amorosa publicados em livros ao longo dos últimos dez anos de vida de Paul Éluard (1895-1952), importante poeta do movimento surrealista francês. Só temos a lamentar que a edição não traga os poemas no … Continue lendo “Últimos poemas de amor”

Warchavchik

Pintura, desenho, poesia, publicidade, artes gráficas e fotografia são os territórios abordados pelo português Fernando Lemos, nascido em 1926 e radicado no Brasil desde 1953. O livro apresenta o percurso de sua arte nessas diversas áreas em mais de 60 anos de carreira. Entre os destaques estão retratos inéditos de personalidades como Lygia Fagundes Telles … Continue lendo “Warchavchik”

O humor da serpente Heitor Ferraz Mello

Chega ao mercado editorial a obra poética completa de Sebastião Uchoa Leite   A poesia de Sebastião Uchoa Leite sempre foi um prato cheio para a discussão sobre o lirismo contemporâneo no Brasil. A crítica soube pinçar com cuidado na sua obra as questões que o poeta foi destacando ao longo de sua trajetória, sendo … Continue lendo “O humor da serpente”

Que o século 21 dê razão a Piva

Poeta à margem, Roberto Piva manteve-se fiel ao princípio da poesia enquanto exercício da subversão

Fevereiro

TV Cult