Dossiê | Graciliano Ramos e o mundo coberto de penas Ricardo Ramos Filho

Há bons indícios de que acompanhando a atual tragédia brasileira, e vendo persistir tanto desatino, o escritor mantivesse a fé em uma revolução social

Linguagem literária e vida sociocultural Benjamin Abdala Junior e Luzia Barros

Há em Graciliano Ramos a ideia de que a consciência da realidade depende de conexões que se articulam com as tensões da vida social

Graciliano Ramos e o cinema Randal Johnson

Filmes revelam a atualidade do escritor e as conexões importantes entre a produção cinematográfica do período pós-1960 e o romance social dos anos 1930

Heróis subestimados Lilliân Alves Borges e Edmar Monteiro Filho

A literatura infantil de Graciliano Ramos dá continuidade às reflexões de um autor sempre incomodado 
com a desigualdade social

Vida, literatura e engajamento Jean Pierre Chauvin e Rodrigo Jorge Ribeiro Neves

Em entrevista a Homero Senna, em 1948, Graciliano Ramos afirmou: “Nunca pude sair de mim mesmo. Só posso escrever o que sou”

80 anos de ‘Vidas secas’ Adilma Secundo Alencar e Luciana Araujo Marques

Algumas histórias para lembrar a gênese do romance e alguns, entre outros tantos, debates que a obra inspira desde seu lançamento

A arte pede misericórdia Ieda Lebensztayn e Thiago Mio Salla

Em carta inédita em livro, Graciliano Ramos mostra inquietude sobre as possibilidades e os limites da arte e da realidade

Estante CULT: George Steiner, Djamila Ribeiro, Atiq Rahimi Welington Andrade

Entre as sugestão de leitura para o mês de julho estão ‘Nenhuma paixão desperdiçada’, ‘Quem tem medo do feminismo negro?’ e ‘A balada do cálamo’

Corpo de adulto e cabeça de piá Amanda Massuela

A odisseia tropical Macunaíma, clássico modernista de Mário de Andrade, completa 90 anos

Com documentos inéditos, ocupação traz Antonio Candido ‘em primeira pessoa’ Helô D'Angelo

Ocupação Antonio Candido, no Itaú Cultural, em São Paulo, reúne desde cadernos de infância até esquemas de aulas

TV Cult