As distopias de George Orwell Roberto de Sousa Causo

A obra do escritor inglês se insere na tradição da ficção científica distópica, representada por H.G. Wells, Ievguêni Zamiátin e Aldous Huxley, e dos “contos cautelares” que alertam para tendências políticas e sociais que podem se tornar catastróficas no futuro

Crítica da razão ortodoxa Ricardo Bonalume Neto

‘1984’ continua válido para um mundo em que fanáticos religiosos, militantes políticos ou correntes acadêmicas manipulam o pensamento segundo a cartilha da ‘novilíngua’ imaginada por Orwell

Entre o engajamento e a sátira de George Orwell Sergio Amaral Silva

Romances visionários do escritor nascido há 115 anos revelam fidelidade a princípios éticos que engajaram sua literatura na luta contra o imperialismo, o fascismo e o comunismo

Dezembro

TV Cult