A periferia não binária

A periferia não binária
Projeção do na favela do Moinho, em São Paulo, parte do projeto Inside Out (Foto: Divulgação)

(2) Comentários

  1. Excelente texto. Fiz mestrado na Ensp/Fiocruz há quase 14 anos e já discutíamos exatamente o conteúdo deste texto, hoje resultante da pesquisa citada.

  2. Muito boa construção da matéria, embora pareça surpreendente o resultado da pesquisa ela deu sentido para muitas de nossas constatações no dia a dia. Assim, talvez não chame de nova, mas a consolidação científica do que o povo tem assistido na periferia. Muito legal o discurso.

Deixe o seu comentário

Setembro

TV Cult