9 TESES SOBRE O ABORTO

9 TESES SOBRE O ABORTO

1-    O ABORTO É A METÁFORA DA MORAL MASCULINISTA CARACTERIZADA PELO DESRESPEITO TOTAL PELAS ESCOLHAS DAS MULHERES E POR SUAS VIDAS.

2-    MASCULINISMO É A FORMA MAIS COVARDE DA IDEOLOGIA PATRIARCAL, UMA DEFESA DOS HOMENS DIANTE DA APAVORANTE SOBERANIA FEMININA CONCERNENTE AO FATO DE GESTAR OU NÃO GESTAR OUTREM. 

3-    ABORTO É UMA PRÁTICA COMUM A MULHERES LIVRES MORAL, EMOCIONAL E ECONOMICAMENTE, OU SEJA, MULHERES SOBERANAS. É ESSA SOBERANIA QUE INCOMODA E GERA DESESPERO ENTRE OS MASCULINISTAS.

4-    A ILEGALIDADE DO ABORTO É SUSTENTADA EM PAÍSES POBRES, MORALISTAS E/OU ATRASADOS POLITICAMENTE EM QUE O PODER CALCULA SOBRE A VIDA APELANDO PARA O DISCURSO JÁ QUE SE PRESSUPÕE AUTORITARIAMENTE QUE NINGUÉM É CAPAZ DE QUESTIONAR O DISCURSO E PERCEBER A SUA INVERDADE.

5-    QUEM SUSTENTA A ILEGALIDADE DO ABORTO É ASSASSINO EM POTENCIAL.

6-    A SUBSTITUIÇAO DA QUESTÃO DO ABORTO PELA QUESTÃO DA VIDA É UMA ABSTRAÇÃO DE QUEM QUER VENCER PELO DISCURSO E CONTINUAR ASSIM NO COMANDO BIOPOLÍTICO DOS CORPOS E DA VIDA DAS MULHERES.

7-    AS MULHERES QUE ABORTAM NÃO OPERAM EM RELAÇÃO À VIDA EM ABSTRATO, MAS EM RELAÇÃO À VIDA EM SENTIDO CONCRETO COMO PRÁTICA SÓCIO-POLÍTICA E EXISTENCIAL.

8-    TODA MULHER É DONA DO SEU CORPO E ISSO INCLUI A POSSIBILIDADE DE NÃO GESTAR O INDESEJADO.

9-    SOMENTE AS PRÓPRIAS MULHERES COMO INDIVÍDUOS LIVRES DEVERIAM TRATAR DESTE SEU PRÓPRIO ASSUNTO. SOMENTE ELAS PODEM DEFENDER LEGITIMAMENTE O SEU PRÓPRIO DIREITO DE GESTAR OU NÃO GESTAR, DE PARIR OU NÃO PARIR. 

Deixe o seu comentário

Setembro

TV Cult