Universidade de Paris 10 dedica seminário à série "The Wire"

Universidade de Paris 10 dedica seminário à série "The Wire"

A série americana “The Wire”, criada pelo jornalista David Simon com colaboração de Ed Burns, tornou-se objeto de estudo na Universidade de Paris 10, em Nanterre.

A instituição dedicou um seminário à obra, traçando um retorno à gênese da série, exibida pela rede americana HBO entre 2002 e 2008, tratando de assuntos referentes ao crime, violência, mídia e drogas.

A palestra discutiu temas como as razões que levaram a HBO a exibir a série, a escolha de Baltimore (uma cidade próxima da capital americana, Washington) como representação da queda do Império Americano e as divisões de raças, classes e gêneros propostas pela ficção.

Nicolas Vieillescazes, autor de “The Wire: Reconstitution Collective” (The Wire: Reconstituição Coletiva, 2008), afirma: “É importante que a universidade se aproprie de objetos de estudos ‘impuros’. Esse é um trabalho poderoso, pois cria o desejo pelo conhecimento”.

Foi na Universidade Harvard, no entanto, que a série se tornou objeto de estudo pela primeira vez, como parte de um curso sobre desigualdades sociais. William Julius Wilson, sociólogo americano, explicou ao Washington Post que, “mais do que qualquer estudo, a série ilustra as razões para o aumento da desigualdade”.

A Universidade de Paris 10 já foi palco de lutas estudantis em maio de 1968, quando alunos ocuparam a universidade em protesto contra a burocracia da instituição.

Deixe o seu comentário

Dezembro

Artigos Relacionados

TV Cult