Um Conto de Duas Cidades

Um Conto de Duas Cidades

O olhar estrangeiro por vezes é capaz de captar minúcias que escapam ao olhar trivial. Em Um Conto de Duas Cidades, romance originalmente publicado em 1837, o escritor inglês Charles Dickens (1812-1870) realiza uma intrigante pintura da Revolução Francesa. Sem se ater às macroquestões do conflito, Dickens volta-se para a observação dos indivíduos pertencentes aos mais diversos estratos da sociedade francesa – desde a aristocracia, passando pela burguesia, até o povo miserável de Paris. Reunidos em uma trama que mescla aventura, romance e tragédia, tais personagens revelam-se, sobretudo, como pequenos retratos das consequências sociais da grande revolução burguesa.

Um Conto de Duas Cidades
Charles Dickens
Trad.: Débora Landsberg
Estação Liberdade
480 págs. – R$ 62

Deixe o seu comentário

Setembro

Artigos Relacionados

TV Cult