Respirar, desejar, amar e viver

A luta contra normas que restringem as condições básicas da própria vida Patrícia Porchat Judith Butler, professora do Rhetoric Department da Universidade da Califórnia, em Berkeley, é hoje conhecida como uma das principais teóricas nas áreas de gênero e sexualidade. Auto-intitula-se uma filósofa feminista e aceita ser identificada como teórica queer, desde que a teoria … Continue lendo “Respirar, desejar, amar e viver”

Das cinzas

Vladimir Safatle  Um dos mantras preferidos dos últimos anos diz respeito ao pretenso esgotamento do pensamento de esquerda. Seus sacerdotes são de dois tipos. Os primeiros gostariam de ser vistos como os vitoriosos de uma época terminada de conflito ideológico. Eles não cansam de afirmar que a esquerda nunca passou de um arremedo de autoritarismo … Continue lendo “Das cinzas”

Time e New Yorker lançam mão de capas apelativas para atrair leitor

Satirizando figuras políticas, petições em redes sociais pedem pelo corte da comercialização desses títulos

Edgar Morin debate com François Hollande, novo presidente da França

Filósofo e político socialista discutem a “crise civilizatória”

Entre a totalidade e a fragmentação

Para o crítico Ismail Xavier, a marca central do cinema de Glauber Rocha consiste na invenção de um estilo feito de tensões e convivência de contrários

O erro de Marx Pierre Bourdieu

Em texto inédito, o sociólogo francês Pierre Bourdieu mostra onde o marxismo pode errar

De que filosofia do acontecimento a esquerda precisa?

Segundo Alain Badiou: recuperar a ontologia e impedir que a ação política perca seu solo de orientação Vladimir Safatle  Alain Badiou é um nome que, aos poucos, firmou-se como referência importante nos debates sobre a renovação do pensamento de esquerda. Juntamente com Jacques Rancière e Etienne Balibar, Badiou representa atualmente o desdobramento intelectual mais visível … Continue lendo “De que filosofia do acontecimento a esquerda precisa?”

Humilhação

A política é uma instituição que administra a nossa humilhação

Para além de uma dicotomia

A separação entre a prática reformista e o pensamento revolucionário é um entrave à reflexão política

A Prosperidade do Vício

O  renomado economista francês Daniel Cohen relata, com linguagem acessível ao público não especializado, as práticas do homem ocidental para enriquecer e revela como os desafios da economia são claramente políticos. Sua estratégia consiste em relacionar história, economia, política e meio ambiente com fartos exemplos para analisar o mundo atual. Apresentada em capítulos curtos, sua … Continue lendo “A Prosperidade do Vício”

TV Cult