ONG quer banir “A Divina Comédia” por racismo

ONG quer banir “A Divina Comédia” por racismo

A ONG Gherush92 quer banir “A Divina Comédia” de Dante Alighiere (1265-1321) das escolas italianas. Segundo a instituição, que promove ações a favor dos direitos humanos, a obra traz um conteúdo ofensivo e discriminatório que seria passado sem filtragem aos estudantes.

Segundo a ONG, a obra ofende homossexuais, muçulmanos e judeus por apresentar Maomé como líder de um cisma religioso e, o islamismo, como  uma heresia. Dentre outras características condenadas em Dante, está a punição severa àqueles que “mantêm relações sexuais contra a natureza”, separados no Purgatório entre os que “dão” e os que “recebem”.

A organização aponta que o conteúdo abordado na obra divulga acusações falsas que comprometem os avanços da luta contra o racismo e a discriminação. Como proposta, uma verdadeira censura adequaria a viagem de Dante aos critérios do século XXI.

Considerada a maior obra da literatura italiana e uma das principais referências da literatura ocidental, “A Divina Comédia” provavelmente foi escrita por volta de 1307 e concluída pouco antes da morte do autor, como se estima.

(55) Comentários

  1. A Divina Comédia deve ser lida por todas, pois assim era a sociedade naquela época e isto é HISTÓRIA e ela traz elementos que precisam ser conhecidos pelas pessoas hoje. Sem este conhecimento não conhecemos o passado…O que é preciso na apresentação destas obras aos jovens é contextualizar sobre a época em que foi escrito.

  2. Que atitude ridícula.
    Deve-se ter noção de que a obra foi escrita com base no pensamento daquela época. A literatura de Dante é uma representação da cultura daquela época. Censurar não, porém, deve-se orientar os alunos sobre os conceitos alí empregados e como são incabiveis na nossa realidade. Devemos formar cidadãos integros, e para isso, devemos entender o passado e como a cultura evoluiu. Privar a nova geração do contato com esse tipo de material é uma ideia irrisória.
    Igual bobagem é a idéia de querer proibir os livros de Monteiro Lobato para as crianças.

  3. Que aburdo é esse!!! Então vamos censurar a biblia e o corão, pois também são racistas, o livro foi escrito em plena idade média. É obvio que ele é racista e datado, basta ter o bom senso de passar isso para os alunos, e não censurar o livro.

  4. Só falta essa agora, o mundo começou com esta ONG? Eles não têm capacidade critica para apresenta-la no contexto atual… assim vão matar a história!!!

  5. QUEM NA VERDADE DEVERIA SER BANIDAS SÃO ESSAS “ong’s” QUE PENSAM SER MAGNÂNIMAS EM SUAS PSEUDO-DEFESAS E MANIFESTAÇÕES INÚTEIS.

  6. Essas porcarias de ONGs politicamente corretas estão contribuindo pra deixar o mundo mais burro e intolerante. Quanta ridiculice. Elas realmente acham que ninguém pode ou tem a capacidade de pensar ou julgar por si mesmo.

  7. Vamos banir logo todos os heterosexuais, os arianos, os ricos, os pobres, os trabalhadores, os corintianos, os honestos… se pensar bem todos nós somos preconceituosos e o mundo gira!

  8. Concordo plenamente, o mundo ocidental está fundado em cima de racismo, preconceito e violência. Pra banir isso é preciso banir obras como essa.

  9. … parece piada. Quem é o preconceituoso nessa história??? Queimar livros é uma prática despótica conhecida…

  10. Esta onda do “politicamente correto” vai acabar por fazer nossa sociedade entrar em uma nova Idade das Trevas, sinceramente… E digo mais: mascarar o passado e negar a história é atitude de facista.

  11. Incrível a incapacidade de algumas pessoas de contextualizar aquilo que elas leem. Por essas pessoas, quase toda a produção literária do mundo seria considerada de alguma forma incorreta pelos padrões atuais. A queima de livros, pelo visto, não é coisa do passado; o espírito totalitário permanece adormecido em muitas pessoas que, curiosamente, se julgam muito “tolerantes”.

  12. Façam-me o favor!!! Essa gente não tem mais o que fazer? É subavaliar o QI de um estudante de história ou literatura. Será que retornaremos aos tempos da ignorância autoritária?? Só faltam agora começarem a queimar livros e obras de arte!!!

  13. Concordo c/ o Carlos Alberto, o Ademar e o Ipolito.A incompetente do Ministério da Educação que considerou “inadequado”, em um país minimamente sério,deveria ser defenestrada do serviço público,juntamente com seu superior,caso não fossem tomadas as devidas providencias.Quanto às ONGS,NÃO deveriam receber dinheiro do Estado,pois repetem o erro do sistema sindical, cativo do Executivo e são uma excrecencia conceitual,por serem governamentais no recebimento de verbas públicas, contrariando sua própria denominção,servindo apenas para o Estado privatizar o que seria de sua exclusiva competência e exclusividade,ou seja,o atendimento das multiplas necessidades da população,ficando o mesmo apenas com a sanha arrecadatória, sem contrapartida proporcional.Repete a situaçâo de que se não consegue coibir o desrespeito ao cidadão e às leis,torne-se Legal e cobre-se uma taxa(vide o problema dos flanelinhas:ministrar um “curso”,fornecer um colete e cobrar uma taxa municipal para que continuem a explorar um espaço público-as ruas-em detrimento do direito de ir,vir e ficar na via pública.No caso da ong(minúscula mesmo), os cidadãos deveriam deixar de financiar esses pouco esclarecidos,que confundem história com preconceito.Por essas e por outras,o continente europeu sofreu com duas Guerras Mundiais(ou uma nova Guerra dos Trinta Anos),deixaram de ser o espelho cultural e lastro da economia mundial.É isso que alguns de nós querem para o nosso país:um jovem com o Mal de Alzheimer,

  14. Com certeza essa ONG é de algum membro do Ministério Público Federal brasileiro, que faz o mesmo com o dicionário Houiss… É a internacionalização da imbecilidade.

  15. Quem lê, deve ter o discernimento adequado para julgar, ridículo isso, odeio ” politicamente correto ” !!!!

  16. O próximo passo será Queimar todos os livros que discordam desses inúteis “politicamente corretos”… Quem puder, leia FAHRENHEIT 451 do Ray Bradbury e verá até onde pode ir essa insanidade!!!

  17. Então se a moda pega, vamos banir a Bíblia também, mas preconceito, racismo e homofobia que nela existe deveria ser proibida.
    Agora como não concordo com proibição de nada, clássicos não devem entrar em controvérsias modernas, quando escrito não havia o politicamente correto, sendo assim livros sobre a escravatura no Brasil também deveriam ser banidos da escola, porque colocar o negro em condição inferior a 150 ou 200 anos atrás pode enquadrar se no mesmo.
    Esconde história pelo politicamente correto é balela.
    Sou da opinião escreva o que você quiser, e se alguém sentir se ofendido processe é a melhor auto censura, quando doí o bolso.

  18. Bem, agora temos também que não mencionar mais no ensino de história a escravidão negra no Brasil colônia, a perseguição aos judeus, o machismo, e por aí vai!
    Aposto que este anacronismo vai produzir homens muito melhores!!! Ô se vai!!!

  19. A esquerda é uma coisa de doido. São uns babacas, desde Lênin e seus sequazes rancorosos e assassinos. É o mundo do politicamente correto, um mundo de idiotices, de chatos, incmompetentes e vigaristas. Vamos deixando que outros aspectos sejam-nos retirados e, quando vemos temos de suportar esses canalhas como modelos da escuridão e do nefasto.

  20. Fico com Camille Paglia: Os politicamente corretos são facistas da esquerda! Isto parece piada de mau gosto.

  21. Tá. Seria interessante uma devassa fiscal nessa ong para ver se não está usando dinheiro público para falar bobagem.

  22. Com milhões de pessoas morrendo de fome, uma ONG ridicula querer banir um clássico histórico é uma aberação, mudem o foco e talvez vocês realmente façam algo bom para humanidade

  23. mas é cada uma que inventam… pelo que vejo não somos só nós no Brasil que vetamos autores por “racismo”… lembram-se da controvérsia em torno de Monteiro Lobato?
    ai ai

  24. Tive que rir: “separados no Purgatório entre os que “dão” e os que “recebem””. Piada essa ong.

  25. Não podemos permitir que isso aconteça.
    Em que mundo vivemos então, cadê a liberdade de expressão?
    Banir clássicos da literatura universal não muda em nada a condição de quem luta por seu lugar no mundo seja por raça, cor ou sexo.
    Esses textos devem ser lidos com os olhos do contexto da época, pois desta forma podemos avaliar o quanto nós evoluimos ou não em relação aos séculos passados.
    Temos que tomar muito cuidado com o radicalismo.
    Muitas vezes os oprimidos quando assumem o poder fazem justamente aquilo que tanto abominavam na conduta dos poderosos.

  26. Cada bobagem que temos que ler…..

    Daqui a pouco vão querer censurar a bíblia, o corão, o torá, o vedas

  27. É o tal do “caminho pro inferno estã pavimentado de boas intenções”, se esquecermos da nossa história, da histõria de todos os povos, faremos (já o fazemos o suficiente) todos os erros novamente. É como com o Monteiro Lobato, o nosso pais já foi racista assumido (hoje a maioria tem vergonha de assumir), e o q ele escreveu era a realidade da época, vamos fingir q não era?

  28. Censurar o que talvez seja a maior obra literária já escrita pelo homem ultrapassa ser um ato de ignorância. Chega a ser ódio satânico.

    Falta muito pouco para os sodomitas pedirem a censura à Bíblia, pelos mesmos motivos.

  29. O politicamente correto é uma degeneração das lutas por igualdade de direitos de mulheres, negros, homossexuais, etc., que se deu recentemente. De libertárias passaram a autoritárias e perderam o senso inclusive de ridículo. Censurar obras históricas, dicionários, é um exemplo disso. Perderíamos todas as referências culturais se fôssemos retirar de obras antigas o que hoje nos parece inapropriado. Essa gente é tão absurda que parece não ter noção da diferença entre passado e presente. O mundo parece estar acossado por autoritários e intolerantes de vários tipos. Precisamos com urgência congregar os democratas e os equilibrados.

  30. Realmente um ABSURDO!! Uma obra como a Divina Comédia expressa o pensamento do homem DAQUELA época, uma visão totalmente diferente da atual. É necessário a contextualização da obra para a melhor compreensão, mas NUNCA uma censura! Sou gay, mas discordo desse tipo de atitude que só serve para acirrar os ânimos dos verdadeiros homofóbicos.

  31. Como já disseram, a obra foi escrita em outra época, cujos valores sociais eram outros. Cabe às escolas discutir os assuntos em classe de aula. É assim que se aprende. Se começarmos a proibir essa ou aquela obra por causa de valores politicamente corretos contemporâneos, vamos acabar como a Inquisição da Idade Média: queimaremos os livros porque trazem um conteúdo moralmente inaceitável nos dias atuais.

  32. O ódio destilado por esses partidários da correção política com a criação humana é o que deveria ser banido. Tentar impedir a leitura da Divina Comédia é privar a humanidade de uma obra sublime e obrigatória para a formação de povos de todas as raças, credos, opções times …. Equiparar o cérebro de um ativistazinho deste ao de Dante é o mesmo que comparar Michel Teló a Mozart. Pior que a humanidade perdeu o senso do ridículo e corremos o perigo de nos privarmos de obras-primas que são patrimonio da humanidade.Sinto raiva disso tudo, o que é um sentimento humano, mas negativo e que também é visto com maus olhos pelas ONGs inuteis.

  33. É a ditadura do ressentimento como diz o crítico Harold Bloom, que mesmo sendo judeu, jamais deixou de apreciar o obra do Poeta. Sem esquecer, claro, Erich Auerbach, um dos maiores especialista em Dante do século XX, e também judeu.

  34. Falta do que fazer… Sendo bom ou não, sendo clássico ou não (e neste caso é bom e é clássico), não se deve coibir a leitura de qualquer coisa que seja. Obviamente, em uma leitura escolar, deve-se ensinar todo o histórico da obra, discutir as diversas interpretações e significados. E neste caso isso acrescentaria à cultura e educação dos estudantes. Mas nem sei por que escrevo…é uma ONG italiana, nunca teriam acesso a esses comentários. Pelo menos na Itália clássicos são lidos nas escolas…

  35. Entrei no site dessa ong e li o artigo “VIA LA DIVINA COMMEDIA DALLE SCUOLE – ovvero razzismo istituzionale mascherato da arte” … Loucura total de gente neurótica … Tenho medo ou receio em imaginar onde os judeus querem nos levar.

  36. Concordo plenamente com as palavras de Abner Picinatto |
    23/03/2012
    “A Divina Comédia deve ser lida por todas, pois assim era a sociedade naquela época e isto é HISTÓRIA e ela traz elementos que precisam ser conhecidos pelas pessoas hoje. Sem este conhecimento não conhecemos o passado…O que é preciso na apresentação destas obras aos jovens é contextualizar sobre a época em que foi escrito.”

    A grande façanha do educador é está preparado junto ao estudante para ajudá-lo a construir esse conhecimento de maneira positiva peranta o atual contexto histórico que o educando vive.

    É até bom que se mostre o pensamento destes pensadores, por mais que eles possam se apresentar de maneira ignorante, para assim, mostrar que o preconceito ainda existe.

    Engraçado, sou nordestino, mas nunca vi essas ONGs enfatizarem a discriminação existem conoscos.

    Racismo é burrice mas o mais burro não é o racista
    É o que pensa que o racismo não existe
    O pior cego é o que não quer ver
    E o racismo está dentro de você
    Porque o racista na verdade é um tremendo babaca
    Que assimila os preconceitos porque tem cabeça fraca
    E desde sempre não pára pra pensar
    Nos conceitos que a sociedade insiste em lhe ensinar
    E de pai pra filho o racismo passa
    Em forma de piadas que teriam bem mais graça
    Se não fossem o retrato da nossa ignorância
    Transmitindo a discriminação desde a infância
    E o que as crianças aprendem brincando
    É nada mais nada menos do que a estupidez se propagando
    Nenhum tipo de racismo – eu digo nenhum tipo de racismo – se justifica
    Ninguém explica
    Precisamos da lavagem cerebral pra acabar com esse lixo que é uma herança cultural
    Todo mundo que é racista não sabe a razão
    Então eu digo meu irmão
    Seja do povão ou da “elite”
    Não participe
    (Gabriel o Pensador)

  37. Ai ai… mto sem noção…

    agora tudo é homofobia e racismo…
    não se fala em outra coisa…

    até Dante… onde se vai parar assim?

  38. Comédia de mal gosto é essa ditadura do “politicamente correto”, capitaneada pela indenização por danos morais. A gente está ficando igual aos EUA, cheios de não me toques e hipocrisia. Arre!!!

  39. O anacronismo, esse defeito de formação que deveriamos encarar com maior seriedade, assola nossa cultura disfarçado de boas maneiras. Enquanto despejamos milhões do nosso dinheiro nessas entidades sobre as quais não há qualquer controle ético eficaz, assistimos praticamente imóveis os professores mendigando um salário indigno. Estamos esquecendo que junto com a riqueza material precisamos de Educação e Pensamento crítico para construir um país mais justo.

  40. O ser humano não tem mais o que denegrir e o que procurar para achar racismo, homofobia ,bulling, …O que mais querem fazer agora. Eles mesmos criaram uma sociedade corrompida e preconceituosa e agora não podem mais controlar. Até onde poderemos chegar com essas atitudes? Então a bíblia é preconceituosa, se analisarmos friamente sem a imagem de livro sagrado, temos muita intolerância nela, Porque tudo tem que ser perseguição e preconceito? Onde foi parar as brincadeiras inocentes, as conversas entre amigos em que se abordavam todos os assuntos sem medo de sermos rotulados de preconceituosos, manipuladores ou radicais…

  41. A ONG Gherush92 age, assim, com intolerância. A liberdade de pensamento deve ser respeitada, sobretudo no campo literário. A seguir o que essa ONG prega, teremos, então, que submeter a algum CONSELHO DE CENSORES o que se escreve, pinta, fala, faz… CHEGA DE CENSURA.

  42. Parece que estamos vivendo os relatos do livro “Fihrenheit 451” de Ray Bradbury.
    Vamos parar de achar problemas e vamos começar a viver a vida.

  43. Que pena que as pessoas não conseguem ler as obras e pensar no contexto da época em que foram escritas.
    Caso se vá banir escritos por um motivo ou outro, estaremos privando a humanidade de conhecer costumes, mitos e preconceitos de determinadas épocas.
    Então teremos uma história da humanidade fantasiosa, só com palavras e atos que sejam convenientes a algumas pessoas.

  44. É o fascismo cultural. Is tais ” direitos humanos” serão a mais perfeita desculpa para as maiores atrocidades, como suprimir obras classicas que discordem da ideologia dos censores.

Deixe o seu comentário

Setembro

TV Cult