Dossiê | As novas configurações das direitas no Brasil

Dossiê | As novas configurações das direitas no Brasil
Arte Revista CULT
  “Sou de direita, sim, e não tenho vergonha de dizer. Porque defendo os valores cristãos, a disciplina, a ordem, a segurança e além disso sou contra esse mimimi dos negros e das feministas... ah, e dos bandidos. Vão trabalhar todos e para de chorar (...) Esses corruptos do PT deixaram o país destruído. Só queriam roubar. E agora? Quem bota ordem na casa? Eu acho que só Bolsonaro. Eu voto nele. É no único que dá para confiar.”  Quem fala é Maria, 42 anos, manicure num salão de beleza próximo da Avenida Paulista. Ela mora na zona sul de São Paulo e já votou em Lula. Neste ano votará em Bolsonaro. Com o intuito de entender melhor falas como a de Maria, muito recorrentes no cotidiano brasileiro, reunimos no presente dossiê um grupo de pesquisadores que estudam as novas direitas com base em diversos aspectos. Muito se fala sobre a reorganização neoconservadora e o auge de grupos de extrema direita em âmbito nacional e internacional: alt-right, populismos autoritários, onda conservadora. Fenômenos multifacetados que estão assumindo um claro protagonismo no cenário político. Considerando esse quadro, recolhe-se aqui uma visão poliédrica e analítica desses fenômenos desconstruindo visões estreitas e caricaturais ao estilo “coxinha” e “pobre de direita é burro” e procurando entendê-los em sua complexidade. Na introdução, Helcimara Telles caracteriza teoricamente os grupos políticos insurgentes de direita que dão resposta aos democratas insatisfeitos, aos perdedores da globalização, ao desencantamento com os partido

Assine a Revista Cult e
tenha acesso a conteúdos exclusivos
Assinar »

Dezembro

TV Cult