Lugar de Fala

Convidamos nossos leitores a relatarem experiências e a compartilharem observações sobre a cultura e a vida social do país a partir de suas vivências. O tema deste mês é "quarentena". Envie seu texto para lugardefala@revistacult.com.br

Potência, inventividade e inteligência periférica Lugar de Fala

“As periferias têm demonstrado, por meio de diferentes iniciativas, toda a sua criatividade, organização e solidariedade”

Uma mulher forte, porém exausta Lugar de Fala

“Essa sensação de insegurança retorna com a quarentena, o desvio da rotina, a incerteza do futuro, me deixando refém de imagens que me dão a sensação de ameaça”

Quarentena e tecnologia Lugar de Fala

“A tecnologia não superará o convívio com  o outro, por mais caótica que essa convivência seja”

Coroada nação Lugar de Fala

“Mas nem todos podem ver/Nem todos podem ser/Seguimos a mercê/De vento, ventania”

Então poderia dizer saudade? Lugar de Fala

“‘Vai demorar um pouco até você vir’, explico. ‘Estamos isolados, sem abraços, sem beijos.'”

Desejos na quarentena Lugar de Fala

“Se em meio ao caos, por um instante ou por infinito desejar essa liberdade/ Resista, persista! Amanhã será um dia claro”

Quarentena, medo, razão Lugar de Fala

“Estamos todos conectados a sentimentos diferentes e que acabam nos unindo a um só propósito: esperar que tudo acabe”

Olhos abertos, Luíza Lugar de Fala

“Através das janelas não tinham famílias negras aproveitando o dia, reunidas para o ver o pôr do sol ou aproveitando o sol”

João e Maria Lugar de Fala

“Vão ao mercado do outro lado da cidade. Com máscaras pretas rezam para não serem confundidos”

Triste contexto nosso de cada dia Lugar de Fala

“Observar animais que comem carniça me fez pensar em morte, o que me trouxe à mente as tantas vidas ceifadas pelo coronavírus”

A quarentena e os prenúncios do passado Lugar de Fala

“De uma janela do Capão Redondo, extremo sul da cidade de São Paulo, cada quilombo vê passar à sua frente um passado não tão remoto”

Pelo direito à minha ignorância, talquei? Lugar de Fala

“Bolsonaristas agora tratam de temas sensíveis do ponto de vista constitucional e o diminuem, como se falassem do pênalti não dado pelo juiz de futebol”

As vozes emergentes no mundo pós-Covid 19 Lugar de Fala

“Meu senso comum me diz que o bom senso deve prevalecer no debate coletivo a respeito das implicações do novo coronavírus para nossas vidas”

Selo de respeito ao isolamento social Lugar de Fala

“Menos como ideia ou proposta, o selo comercial e industrial de proteção a quem respeitou a quarentena é assunto para discussão e reflexão”

Tive Covid. E não desejo a ninguém Lugar de Fala

“Isolada dentro do isolamento, sem sair do quarto, você se sabe doente de uma doença que pode ser fatal”

A quarentena da mulher Lugar de Fala

“Estar em casa é lembrar que já estivemos tanto tempo em casa, e habitar essa mulher é estar em casa com todas as outras mulheres”

A desfocalização do abstrato ou a quarentena das incertezas Lugar de Fala

“Só de pensar na própria palavra ‘quarentena’ e sua carga numérica, o colapso sensitivo que experimentei foi ainda pior”

O professor na pandemia Lugar de Fala

“O papel do professor na educação na pandemia (ou pandemia da educação) não é protagonista. É papel de trouxa”

Poema da quarentena  Lugar de Fala

“Do lado de fora, a peste que impera/ Lado de dentro, a espera/ Tempo sem contato, sem tato/ Dias de imprevisão, de reflexão”

Coronavírus e o descarte incorreto dos resíduos Lugar de Fala

“Não há políticas públicas eficientes e eficazes de saneamento básico e, com isso, os resíduos são descartados de qualquer maneira e em qualquer lugar”

Não seremos os mesmos Lugar de Fala

“Será que as pessoas vão precisar pagar com a própria vida para entenderem que esse sistema capitalista e genocida não se importa com as suas vidas?”

Teresinha Lugar de Fala

“Quando a vida finalmente iria lhe fazer um carinho, o mundo parou. Quarentena. Recusava-se a acreditar”

Espaço negativo Lugar de Fala

“Em uma das noites de insônia, pensando nas consequências da “gripezinha”, me peguei me perguntando o que fazia de mim, eu”

Patriota Lugar de Fala

“Nos dias seguintes Boris sentiu dores de cabeça, coriza e um pouquinho de dificuldade na respiração. Mas não deve ser nada”

A pandemia bolsonarista e o desprezo pela ciência Lugar de Fala

“O peculiar negacionismo bolsonarista precisou virar questão de saúde pública para que fosse tratado com a devida seriedade”

Reflexões em tempos de cegueira Lugar de Fala

“O que restará do que ficou antes da quarentena, de um vírus que nos provou que não somos quem pensávamos ser e que nos colocou reféns do seu poder?”

Molto vivace Lugar de Fala

“Aonde vai/ o tempo que não passei como gostaria?/ o sonho interrompido pelo abrir de olhos?/ o grito não emitido?”

2020, o ano da peste (beijo aflito) Lugar de Fala

“Qualquer linha de diário que se escreva nestes dias soará no futuro como os ‘diários da peste’ medievais. Aquele desalento beirando o pânico geral”

Imersão Lugar de Fala

“Estava somente sob efeito da quarentena. Delirando sozinha em frente ao computador”

Viver em tempos de pandemia Lugar de Fala

“Tão deletéria quanto a prisão física é esta prisão mental que cerceia minha vida nestes tempos de quarentena”

Tem sentido? Lugar de Fala

“Como desacelerar o que nos foi ensinado nas variadas escolas da vida? Será que viver ultrapassa, realmente, qualquer entendimento?”

Se o Brasil não parar, seremos um velório com caixão fechado Lugar de Fala

“Não é hora de fazer o queremos e sim seguir medidas que nos coloquem em segurança. Não podemos criar dois lados em um país cujo inimigo é invisível”

Bandeira, me envia o mapa de teu planeta Lugar de Fala

“Lá da Tamarineira, ouço o coaxar/ em Brasília/ Síndrome respiratória aguda grave ou “gripezinha”?/ Isolamento seletivo ou ampliado?/ Saúde ou economia?”

Sarjeta e farol Lugar de Fala

“Vejo artistas, professoras de escolas privadas, cabeleireiras e filósofas voltando à prostituição. E não como uma escolha, mas por sobrevivência”

Em casa há 15 dias Lugar de Fala

“Se a gente botar as duas mãos na consciência sairemos da situação menos piores do que quando entramos? A gente era feliz e não sabia?”

Rede na varanda Lugar de Fala

“Cochilo um tanto, com meus fantasmas. O lírio declara guerra. Declaro paz. O mundo segue em quarentena”

Os brancos dificilmente abrirão mão dos privilégios Lugar de Fala

“A sociedade brasileira não está evoluída a ponto de compreender que a inexistência de privilégios, de qualquer natureza, beneficia todos os indivíduos”

Os dias eram assim… Lugar de Fala

“A população negra, periférica e favelada é a que mais sofrerá com os efeitos sociais que do coronavírus, e dentro dessa população estão os LGBTQ negros”

É possível não conhecer seu cabelo Lugar de Fala

“‘Como pode alguém nunca ter visto o próprio cabelo?’, me questionei. E, lógico, só poderia haver uma resposta: ‘Racismo'”

A paleta de cores da “Arte” Lugar de Fala

“Existem muitos “Van Gogh’s” (e, claro, Machado’s e Montenegro’s) acreditando que a Arte que fazem nem mesmo pode ser chamada assim”

Um caminho percorrido em 15 dias de quarentena Lugar de Fala

“‘Eles’ dizem: ande como nós, vista-se como nós, veja nossos cabelos e você será um de nós. Faça o seu melhor, dizem. Mas nunca é o bastante”

Sou uma mulher negra e a minha invisibilidade é real Lugar de Fala

“Se temos menos mulheres negras em universidades, logo, teremos menos mulheres bem sucedidas e em espaços de poder na sociedade”

Coisas que ouço Lugar de Fala

“Pega o meu carro!/Não é manobrista?/ Foi convidado pra festa?/ Carrão, hein! É roubado ou tá esperando o patrão?”

O racismo e os padrões de beleza Lugar de Fala

“Se você nunca precisou pensar sobre discriminação ou sobre a importância da representatividade, acredite, você é um privilegiado”

Deusa Lugar de Fala

“É que ninguém te disse o quanto era linda. O seu cabelo crespo e sua pele escura carregam forças para manter a sua armadura”

O primeiro negro no comando da Casa Branca Lugar de Fala

“O primeiro presidente negro da história dos EUA teve que vencer o racismo que se mantém vivo na sociedade estadunidense”

É caro ser negro Lugar de Fala

“Enquanto me pergunto que peça conversa melhor comigo, surge algo que toma a minha atenção: desde quando se tornou tão caro ser negro?”

Peço – respeitosa – licença às energias superiores Lugar de Fala

“Oxóssi, Xangô, Oxalá façam das ofensas o adubo para a colheita coletiva e não nos deixe cair em tentação”

O racismo estrutural como pilar da intolerância religiosa Lugar de Fala

“Se você é branco, cristão e defensor da moral e dos bons costumes, o seu papel é nos dar apoio moral, político e social”

A intolerância em mim Lugar de Fala

“A ação intolerante é uma prática de comunicação violenta; é uma barbárie e vai contra toda forma de convivência pacífica”

A partícula de Deus que habita em nós Lugar de Fala

“Talvez seja a hora da singularidade de cada um ser louvada e respeitada, e colocada no lugar da idolatria a sistemas frágeis e perecíveis”

A questão do racismo e da intolerância religiosa Lugar de Fala

“As religiões de matriz africana têm sido vistas com desrespeito e desinformação, contexto emblemático desta dinâmica marcada pela inversão dos direitos humanos”

A fala da umbanda Lugar de Fala

“A umbanda nasceu numa sociedade que precisa evoluir muito no que tange à emancipação e aos direitos das mulheres”

As intolerâncias da atualidade e a falta do pensar Lugar de Fala

“Intolerância religiosa é uma característica de sujeitos com diversas intolerâncias, alguém que talvez não saiba o que é empatia, compreensão e autorreflexão”

Tolerar não, respeitar sim Lugar de Fala

“Temos que parar de usar o termo intolerância porque ele mascara o fanatismo, o fundamentalismo e o terrorismo”

Intolerância religiosa na África Lugar de Fala

“É em estados laicos que todos os grupos têm o direito de constituir suas identidades livremente, sem, contudo, pretenderem se tornar hegemônicos”

Olhares sobre uma liberdade Lugar de Fala

“Se eu abraço alguém ao meu lado é liberdade. Eu não preciso falar”

Urubu come Lugar de Fala

“Urubu come? Come o que está sendo morto em busca da liberdade de expressão”

Um painel histórico com as mesmas gravuras Lugar de Fala

“Sou o que sou porque alguém teve a liberdade de escrever uma peça, um poema, pintar um grafite, um quadro, uma foto…”

Liberdade de expressão e igualdade de oportunidade de fala no debate público Lugar de Fala

“Sabendo que há pessoas e grupos majoritariamente excluídos do debate público, por conta de suas condições sociais e econômicas, como proporcionar igualdade de oportunidade de fala no espaço público?”

A liberdade de expressão em conjuntura do eu, mulher no Brasil Lugar de Fala

“Minha liberdade de expressão é engolida a seco toda vez que sou interrompida em minha propriedade de fala artística, feminina, materna e humana”

Poema temporário Lugar de Fala

“As ideias não estão nas minhas letras, nas minhas palavras gravadas em pigmentos ou rochas (…) As ideias estão cravadas em nós mesmos, em nosso existir”

A liberdade de expressão no trabalho diante da atual conjuntura política no Brasil Lugar de Fala

“Será que estamos na presença de uma censura mascarada pela necessidade e manutenção de nossa subsistência?”

Rasgue seus rótulos Lugar de Fala

“Para quem tem o direito  da liberdade de expressão garantido e o vive, talvez seja difícil compreender este papo”

A liberdade de expressão saindo pela porta dos fundos? Lugar de Fala

“O humor também é político. O humor é transgressor. O humor é provocativo. O humor é questionador. O humor é subversivo”

O violão vermelho Lugar de Fala

Um conto baseado na morte de Evaldo dos Santos Rosa pelo Exército Brasileiro em 7 de abril de 2019

Violência seletiva Lugar de Fala

“Quando um dos meus melhores amigos contou casos de violência policial que já sofreu na pele, fiquei chocada”

O outro que não é Lugar de Fala

“Ao longo da história, grupos sociais estabeleceram os diferentes de si como O Outro. Identificar esta condição na sociedade brasileira não é tarefa difícil”

A morte como mecanismo de controle Lugar de Fala

“Esses dados e acontecimentos não são pontuais, pois o Estado age de maneira intencional para proteger e vida de alguns e gerir a morte de outros”

Uma face da violência brasileira Lugar de Fala

“Menos violência é igual a mais poesia, mais educação, mais arte para todas, todos e todes. Mais liberdade”

As violências que me atravessaram junto com aquela bala Lugar de Fala

“A marca da bala que atravessou minha perna é a menor das marcas deixadas por esta violência”

Memória do passado e do futuro Lugar de Fala

“Dado o morticínio de pretos-pobres-favelados, vejo com mais nitidez a imensidão dos meus privilégios”

Um brasão, múltiplos significados: violência policial e o país que queremos construir Lugar de Fala

“As polícias militares atendem a uma lógica essencialmente beligerante. Foram criadas e se desenvolveram sob a perspectiva do ‘matar ou morrer'”

A nostalgia triste Lugar de Fala

“Achava engraçado quando minha a vó Ieda referia-se a Arena como se ainda existisse, mas agora eu entendo. Eles nunca se foram”

O necessário diálogo das memórias da ditadura civil-militar com a população Lugar de Fala

“Não houve um amplo debate nacional em torno dessa chaga que infecciona o nosso porvir, um fantasma que assombra nosso frágil pilar democrático”

AI-5, Cassandra Rios e Ensino Vocacional Lugar de Fala

“Ambos foram oprimidos – e diria até suprimidos – pela ditadura militar brasileira, a partir de 1964”

A ditadura da positividade Lugar de Fala

“Eis aqui a ditadura da positividade: esgotar-se na exploração do si. Se não conseguir, é porque não explorou o suficiente”

Bolsonaro, Ustra e a naturalização da barbárie Lugar de Fala

“Quem defende (ou relativiza) a tortura e admira torturadores, acredita na destruição de seres humanos como meio de disputa política”

A ditadura civil-militar brasileira não é um fantasma Lugar de Fala

“Os discursos promovidos por agentes do Estado nos mostram a urgência de colocarmos em nossas rodas de conversa e em nossas leituras o tema da ditadura”

A família é o estado autoritário em miniatura Lugar de Fala

“Reich destaca, dentre outros temas, a adesão do homem médio ao fascismo e a importância da família nas escolhas baseadas no medo e na repressão”

O feminismo e a mulher idosa Lugar de Fala

“As mulheres que construíram esta jornada de lutas e que hoje são idosas, não se veem representadas nas pautas feministas contemporâneas”

A cultura do estupro Lugar de Fala

“A mulher não merece ser estuprada, ela não é um objeto, não pertence ao homem, ou à Igreja, ou à família, ou a ninguém”

Quem pode ser nerd? Lugar de Fala

“Assim como as ‘minas’ estão lutando para conseguir seu espaço no futebol, as mulheres nerds hão de conquistar a sua copa”

Palavra mórbida pela própria natureza Lugar de Fala

“Machismo leva a violência doméstica, aumenta o feminicídio e envaidece o patriarcado”

O machismo estrutural do nosso dia a dia Lugar de Fala

“A vida de uma mulher sem um homem e que não procriou vale menos que a de um homem casado, e isso é estrutural, quase imperceptível”

A literatura como instrumento social Lugar de Fala

“Cabe a nós o exercício, inicialmente subjetivo, de constatarmos quantas vezes somos Olímpicos ou Macabéas”

Um dia qualquer que pode ser todo dia Lugar de Fala

“é noite, quando ele olha eu não olho mas eu sei, eu me apresso, na descida da rua eu sinto que meu corpo, eu, estou diminuindo de tamanho”

Machismo e homofobia Lugar de Fala

“Volto para a escola não só para ‘ensinar’ conteúdos, mas para ensinar através de textos da literatura brasileira como romper ciclos tóxicos de opressão”

A irracionalidade e a nova caça às bruxas Lugar de Fala

“Nossa história é marcada por mulheres que punem, que traem e que levam à desgraça dos homens quando não são controláveis”

Vem revolucionar também? Lugar de Fala

“Porque não há nada em você que não seja natureza, exceto o que criaram para que você esquecesse quem é”

A cavalaria bolsonarista, a questão indígena e o meio-ambiente Lugar de Fala

“Com os direitos dos povos indígenas em chamas, é imprescindível a luta da sociedade brasileira frente aos retrocessos recentes”

Qual é a Amazônia que te interessa? Lugar de Fala

“Não podemos deixar que uma atitude delirante em um afã de vaidade destrua as vidas que existem na floresta”

Inocência Lugar de Fala

“O filhote se viu então cercado pelas labaredas incandescentes. Ele queria fugir, mas, mesmo que pudesse passar pelas chamas, o seu corpo não aguentaria”

Escatologia Lugar de Fala

“e quando as feridas da terra infeccionarem/ao ponto de só acreditarmos em cura milagrosa/então não haverá milagre”

O país que arde em fogo Lugar de Fala

“Sou do país da Amazônia devastada/De escolas de tiros/E mulheres merecendo serem estupradas/Sou do país que arde em fogo”

Nosso ambiente interior  Lugar de Fala

“Precisamos de união, amor, respeito, empatia, sororidade, afeto e humanidade para salvar o planeta”

Um poema para meu pai Lugar de Fala

“Meu pai era José/todo pai é José/carpinteiro ou peão/Que Deus me perdoe/se, ao pensar no santo,/mais me vem o outro”

Maior que nossas próprias dores Lugar de Fala

“Uma criança com um pai parece ter mais confiança em sua própria capacidade de lidar com os desafios da vida”

É preciso dizer ‘eu te amo’ Lugar de Fala

“Um dia vi meu pai chorar. Entendi ali que ele era humano, tinha sentimentos, fragilidades. ai que desaba é muito forte”

Para além da visão patriarcal Lugar de Fala

“Conheço pais que marcaram a vida de seus filhos, não com o brinquedo mais caro, mas com a humildade e o amor que ensinam mais do que imaginamos”

Necessitamos de pais inteiros Lugar de Fala

“Oxalá eu possa ver mais e mais o comprometimento amável e afetuoso que a masculinidade de uns anos atrás tampava com um respeito ditador”

A “boa genética” e o racismo silencioso de nosso cotidiano Lugar de Fala

“Observo meu filho e penso em meu papel como pai em uma conjuntura marcada pela naturalização do absurdo e pela negação de pilares civilizatórios básicos”

Imperialismo, neocolonialismo e trabalho escravo Lugar de Fala

“Os trabalhadores do mundo precisam se organizar, as contradições cada vez mais intensas do desenvolvimento do sistema capitalista acirra a luta de classes”

Sociedade fracassada Lugar de Fala

“Empregadas domésticas faxinam, cozinham, lavam e passam roupas, são babás. E por falta de humanidade, muitas famílias ignoram essas trabalhadoras”

Trabalho doméstico e o mito da felicidade na exploração Lugar de Fala

“Ninguém em sã consciência opta pela exploração, por dormir em quartinhos com dimensões de uma caixa de sapato, por comer os restos, ou até não comer”

O trabalho que construímos: como ele nos constrói? Lugar de Fala

“O trabalho de cuidar da casa, da educação dos filhos, de atender alguém que precisa de cuidados muitas vezes não é classificado como trabalho”

A falta que um olhar faz Lugar de Fala

Empatia nos dias de hoje é deixar o telefone um pouco de lado e prestar atenção nos que te cercam

O trabalho diante do neoliberalismo Lugar de Fala

“A busca para enfrentar os desafios atuais é tarefa que só poderá ser cumprida a partir da organização política das classes subalternas”

Essa linda desconhecida Lugar de Fala

“Apenas quem sabe lidar com a própria dor e as próprias feridas saberá se aproximar do outro com gentileza”

O mesmo espaço Lugar de Fala

“Entrei feliz e observando ruas, avenidas e imaginando histórias de vida das pessoas, que, naquele momento, dividiam comigo o mesmo espaço”

A empatia também é uma força política Lugar de Fala

“Que possamos seguir lutando diariamente pelo cuidado dos nossos, dos sonhos dos outros e da democracia de todos”

Sorriso e sororidade Lugar de Fala

“Escutar é o básico da empatia, saber ouvir sem julgamento, e sim com acolhimento”

Vivências, saberes e conhecimento: a construção da empatia  Lugar de Fala

“Foi na universidade que aprendi sobre alteridade, sobre diferentes vivências e assim reformulei as minhas percepções”

Aprender o silêncio Lugar de Fala

“Ser empático em tempos de divergências é ser solitário, aprender o silêncio; o outro está distante”

O maternar que a gente quiser Lugar de Fala

“Quando e como a sociedade permitirá às mulheres do mundo sentirem e realizarem a maternidade na sua plenitude?”

O que você tem feito para realmente cuidar de você? Lugar de Fala

“Para poder cuidar de forma completa, a mãe também precisa ser cuidada. Para suprir necessidades do filho, a mãe precisa ter as suas necessidades atendidas”

Maternidade: um caminho construído e conquistado Lugar de Fala

“A melhor parte da maternidade é se construir junto com essa identidade que você adquiriu – ser mãe”

O desafio de “estar com” nossos filhos Lugar de Fala

“Que cada família seja capaz de fazer sua síntese e criar um modo singular de existir”

Mãe, Pandora Lugar de Fala

“ali do fundo da caixa vazia / onde o tempo aprisionado/ de onde nada mais havia / entornou o sofrimento”

Maternidade e a descoberta do machismo delicado Lugar de Fala

“Sozinha com minha filha em casa, percebi o quanto eu dependia daquele homem, o pai, a partir de então”

Cheiro de mãe Lugar de Fala

“Talvez um dos cheiros que tenha ficado e fincado na minha memória, tenha sido um aroma de canela. A arte culinária dominada por minha mãe”

Uma mãe que entrega tudo o que tem Lugar de Fala

“Eu já não sabia quem eu era. Quais eram meus sonhos. Quais eram minhas súplicas. Muitas noites eu que pudesse fazer outra escolha, mas já era tarde”

Sobre a minha mãe Lugar de Fala

“Uma mãe dá às filhas e filhos sua visão de mundo e significa todo um universo, de forma singular, ajudando na árdua busca de se preencher a existência”

Maternidade é um encontro Lugar de Fala

“Toda maternidade é um encontro. Da mulher com seu filho. Da mulher com um futuro de incertezas. Da mulher com uma vastidão. Da mulher com um novo eu”

Antes e depois Lugar de Fala

“O melhor e o pior de mim, misturados com uma vontade imensa de acertar, vinham me ensinando a olhar o mundo como quem tem a responsabilidade de fazer alguém feliz”

Ser mãe é um trabalho Lugar de Fala

“No desigual sistema econômico em que vivemos, baseado na exploração da mão-de-obra, a maternidade é uma grande potência, inclusive econômica e política”

Expectativa x realidade Lugar de Fala

“Vão me dizer que é assim mesmo, mãe erra. Acredito. Minha solidariedade a todas as mães que simplesmente não sabem o que fazer”

Maternidade como experiência Lugar de Fala

“A experiência da maternidade é singular não porque é de cada um, mas porque ela provoca para a vida que vai se fazendo a cada dia”

Reflexões de uma ex-professora ou futura desempregada Lugar de Fala

“Se os processos educativos forem compreendidos enquanto ação, e não como fabricação, eles podem ser gestos de ressignificação e de resistência”

A escola dos meus sonhos Lugar de Fala

“Na minha escola ideal tem espaço pra brincar, criar e dialogar. Tem liberdade de pensamento. Não tem catraca, tem muros baixos e portas abertas”

A educação deveria ser o fim da humanidade Lugar de Fala

“Conseguir se manter na escola é outro assunto. Exige condições, vontade, exige respeito”

O bolsonarismo e o ódio ao filósofo Lugar de Fala

“O ódio aos filósofos é o ódio a educação, às minorias, às sabedorias populares dos povos indígenas e negros com sua filosofia libertadora e corporal”

Educação como refúgio Lugar de Fala

“Eu, professor, não posso temer! Não devo ter receio de assuntos polêmicos ou de censuras. Carrego comigo a liberdade como forma de atuação”

O aceno literário entre caminhos pedregosos Lugar de Fala

“Nós, docentes, somos – novamente – o grande inimigo. Podemos desarrumar as normatizações, incitar o diálogo, causar rupturas em fake news. Somos perigosos”

Ser minoria; número dois, minoria financeira Lugar de Fala

“Vi o sonho de estudar na USP esvaziar-se como um balão a gás, sentimento que o homem também percebeu ao me olhar”

Ser mulher, fazer ciência Lugar de Fala

“Fazer ciência no Brasil tem sido um grande desafio, ser mulher no Brasil tem sido um desafio ainda maior. Pesquisar feminismo então, nem preciso falar”

Estar em sala de aula e lutar pela educação é um ato político Lugar de Fala

“Educar vai além do que eu digo aos meus alunos sobre não utilizar crase diante de palavras masculinas. É lembrá-los que é preciso romper estruturas”

Política, passado, presente Lugar de Fala

“Minha mãe autorizou e eu escrevi a carta em nome dos alunos da Escola Estadual Três Poderes pedindo às autoridades que soltassem o professor de português”

A tentativa de imbecilização de professores e alunos Lugar de Fala

“No dia seguinte, ao entrar na escola, fui informada pela diretora que o DEC tinha feito queixa de mim como ‘perturbadora'”

Educação para todos? Lugar de Fala

“A maior arma do povo é o conhecimento, e é com ele que temos o poder de decidir sobre nossas próprias vidas”

Violência intrafamiliar e o papel da educação Lugar de Fala

“Pensar educação é sinônimo de construção e desconstrução de reflexões. Todos têm o direito de pensar a educação e todos têm o direito de sentir a educação”

TV Cult