Lugar de Fala

Neste espaço, convidamos nossos leitores a relatarem experiências e a compartilharem observações sobre a cultura e a vida social do país a partir de suas vivências. O tema deste mês é paternidade. Envie seu texto para lugardefala@revistacult.com.br

Necessitamos de pais inteiros Lugar de Fala

“Oxalá eu possa ver mais e mais o comprometimento amável e afetuoso que a masculinidade de uns anos atrás tampava com um respeito ditador”

A “boa genética” e o racismo silencioso de nosso cotidiano Lugar de Fala

“Observo meu filho e penso em meu papel como pai em uma conjuntura marcada pela naturalização do absurdo e pela negação de pilares civilizatórios básicos”

Imperialismo, neocolonialismo e trabalho escravo Lugar de Fala

“Os trabalhadores do mundo precisam se organizar, as contradições cada vez mais intensas do desenvolvimento do sistema capitalista acirra a luta de classes”

Sociedade fracassada Lugar de Fala

“Empregadas domésticas faxinam, cozinham, lavam e passam roupas, são babás. E por falta de humanidade, muitas famílias ignoram essas trabalhadoras”

Trabalho doméstico e o mito da felicidade na exploração Lugar de Fala

“Ninguém em sã consciência opta pela exploração, por dormir em quartinhos com dimensões de uma caixa de sapato, por comer os restos, ou até não comer”

O trabalho que construímos: como ele nos constrói? Lugar de Fala

“O trabalho de cuidar da casa, da educação dos filhos, de atender alguém que precisa de cuidados muitas vezes não é classificado como trabalho”

O trabalho diante do neoliberalismo Lugar de Fala

“A busca para enfrentar os desafios atuais é tarefa que só poderá ser cumprida a partir da organização política das classes subalternas”

A falta que um olhar faz Lugar de Fala

Empatia nos dias de hoje é deixar o telefone um pouco de lado e prestar atenção nos que te cercam

Essa linda desconhecida Lugar de Fala

“Apenas quem sabe lidar com a própria dor e as próprias feridas saberá se aproximar do outro com gentileza”

O mesmo espaço Lugar de Fala

“Entrei feliz e observando ruas, avenidas e imaginando histórias de vida das pessoas, que, naquele momento, dividiam comigo o mesmo espaço”

A empatia também é uma força política Lugar de Fala

“Que possamos seguir lutando diariamente pelo cuidado dos nossos, dos sonhos dos outros e da democracia de todos”

Sorriso e sororidade Lugar de Fala

“Escutar é o básico da empatia, saber ouvir sem julgamento, e sim com acolhimento”

Vivências, saberes e conhecimento: a construção da empatia  Lugar de Fala

“Foi na universidade que aprendi sobre alteridade, sobre diferentes vivências e assim reformulei as minhas percepções”

Aprender o silêncio Lugar de Fala

“Ser empático em tempos de divergências é ser solitário, aprender o silêncio; o outro está distante”

O maternar que a gente quiser Lugar de Fala

“Quando e como a sociedade permitirá às mulheres do mundo sentirem e realizarem a maternidade na sua plenitude?”

O que você tem feito para realmente cuidar de você? Lugar de Fala

“Para poder cuidar de forma completa, a mãe também precisa ser cuidada. Para suprir necessidades do filho, a mãe precisa ter as suas necessidades atendidas”

Maternidade: um caminho construído e conquistado Lugar de Fala

“A melhor parte da maternidade é se construir junto com essa identidade que você adquiriu – ser mãe”

O desafio de “estar com” nossos filhos Lugar de Fala

“Que cada família seja capaz de fazer sua síntese e criar um modo singular de existir”

Mãe, Pandora Lugar de Fala

“ali do fundo da caixa vazia / onde o tempo aprisionado/ de onde nada mais havia / entornou o sofrimento”

Maternidade e a descoberta do machismo delicado Lugar de Fala

“Sozinha com minha filha em casa, percebi o quanto eu dependia daquele homem, o pai, a partir de então”

Cheiro de mãe Lugar de Fala

“Talvez um dos cheiros que tenha ficado e fincado na minha memória, tenha sido um aroma de canela. A arte culinária dominada por minha mãe”

Uma mãe que entrega tudo o que tem Lugar de Fala

“Eu já não sabia quem eu era. Quais eram meus sonhos. Quais eram minhas súplicas. Muitas noites eu que pudesse fazer outra escolha, mas já era tarde”

Sobre a minha mãe Lugar de Fala

“Uma mãe dá às filhas e filhos sua visão de mundo e significa todo um universo, de forma singular, ajudando na árdua busca de se preencher a existência”

Maternidade é um encontro Lugar de Fala

“Toda maternidade é um encontro. Da mulher com seu filho. Da mulher com um futuro de incertezas. Da mulher com uma vastidão. Da mulher com um novo eu”

Antes e depois Lugar de Fala

“O melhor e o pior de mim, misturados com uma vontade imensa de acertar, vinham me ensinando a olhar o mundo como quem tem a responsabilidade de fazer alguém feliz”

Ser mãe é um trabalho Lugar de Fala

“No desigual sistema econômico em que vivemos, baseado na exploração da mão-de-obra, a maternidade é uma grande potência, inclusive econômica e política”

Expectativa x realidade Lugar de Fala

“Vão me dizer que é assim mesmo, mãe erra. Acredito. Minha solidariedade a todas as mães que simplesmente não sabem o que fazer”

Maternidade como experiência Lugar de Fala

“A experiência da maternidade é singular não porque é de cada um, mas porque ela provoca para a vida que vai se fazendo a cada dia”

Reflexões de uma ex-professora ou futura desempregada Lugar de Fala

“Se os processos educativos forem compreendidos enquanto ação, e não como fabricação, eles podem ser gestos de ressignificação e de resistência”

A escola dos meus sonhos Lugar de Fala

“Na minha escola ideal tem espaço pra brincar, criar e dialogar. Tem liberdade de pensamento. Não tem catraca, tem muros baixos e portas abertas”

A educação deveria ser o fim da humanidade Lugar de Fala

“Conseguir se manter na escola é outro assunto. Exige condições, vontade, exige respeito”

O bolsonarismo e o ódio ao filósofo Lugar de Fala

“O ódio aos filósofos é o ódio a educação, às minorias, às sabedorias populares dos povos indígenas e negros com sua filosofia libertadora e corporal”

Educação como refúgio Lugar de Fala

“Eu, professor, não posso temer! Não devo ter receio de assuntos polêmicos ou de censuras. Carrego comigo a liberdade como forma de atuação”

O aceno literário entre caminhos pedregosos Lugar de Fala

“Nós, docentes, somos – novamente – o grande inimigo. Podemos desarrumar as normatizações, incitar o diálogo, causar rupturas em fake news. Somos perigosos”

Ser minoria; número dois, minoria financeira Lugar de Fala

“Vi o sonho de estudar na USP esvaziar-se como um balão a gás, sentimento que o homem também percebeu ao me olhar”

Ser mulher, fazer ciência Lugar de Fala

“Fazer ciência no Brasil tem sido um grande desafio, ser mulher no Brasil tem sido um desafio ainda maior. Pesquisar feminismo então, nem preciso falar”

Política, passado, presente Lugar de Fala

“Minha mãe autorizou e eu escrevi a carta em nome dos alunos da Escola Estadual Três Poderes pedindo às autoridades que soltassem o professor de português”

Estar em sala de aula e lutar pela educação é um ato político Lugar de Fala

“Educar vai além do que eu digo aos meus alunos sobre não utilizar crase diante de palavras masculinas. É lembrá-los que é preciso romper estruturas”

A tentativa de imbecilização de professores e alunos Lugar de Fala

“No dia seguinte, ao entrar na escola, fui informada pela diretora que o DEC tinha feito queixa de mim como ‘perturbadora'”

Educação para todos? Lugar de Fala

“A maior arma do povo é o conhecimento, e é com ele que temos o poder de decidir sobre nossas próprias vidas”

Violência intrafamiliar e o papel da educação Lugar de Fala

“Pensar educação é sinônimo de construção e desconstrução de reflexões. Todos têm o direito de pensar a educação e todos têm o direito de sentir a educação”

TV Cult