Eliane Dias

BORBOLETAS INVISÍVEIS

É advogada, empresária, coordenadora da SOS Racismo na Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP) e membro do grupo Negras Empoderadas. Junto do marido, o rapper Mano Brown, criou a produtora Boogie Naipe. Há 3 anos é responsável pela carreira dos Racionais MC’s.

Onde foi parar o respeito, onde foi parar o amor? Eliane Dias

Respeitar a identidade de gênero e a orientação sexual de uma pessoa é o mínimo que um pode fazer pelo outro

Nossas coroas, nossas cores Eliane Dias

Hoje é uma dia para lembrar das mulheres que ajudaram a construir o nosso passado: Dandara, Teresa de Benguela, Nina Simone, Angela Davis

Muro de preconceito Eliane Dias

É preciso entender de uma vez por todas que a discriminação e a violência não são erros ou atos impensados, mas eixos de um projeto social

Vale a pena vender a alma para o Diabo? Eliane Dias

Cabe ao povo não arredar pé, fazer este jogo virar, varrendo essa gente estúpida do poder

Racistas otários, nos deixem em paz Eliane Dias

Como pode a cor da pele ser determinante para dizer quem é bandido ou não? Quem vive ou não?

O perigo de saber tudo e não saber nada Eliane Dias

Hoje o importante é saber tudo, falar sobre tudo, de forma rasa, duas linhas, mas saber

A internet não é o Facebook Eliane Dias

(Arte: Revista Cult) Antigamente, o silêncio era dos imbecis; hoje, são os melhores que emudecem   A atitude intolerante extrapola a individualidade e liberdade de expressão das pessoas. A intolerância reflete o preconceito cultural onde somente um ponto de vista é aceito. No meio digital, torna-se muitas vezes revestida de diferentes formas, bastante perigosas e … Continue lendo “A internet não é o Facebook”

Jamais aprisionarão as mentes Eliane Dias

Garantir o aumento do acesso e a permanência dos jovens negros na universidade é um dever social, assim como acabar com os desafios da juventude negra no espaço acadêmico.

Cachorros 10 X Homens 0 Eliane Dias

“Quanto mais eu conheço as pessoas, mais eu gosto do meu cachorro”

A apatia Eliane Dias

Vivemos momentos regidos por excêntricos, que pensam apenas neles e não vão pensar no povo

Qual é a medida do amor? Eliane Dias

Como pode uma infeliz mãe acreditar em um homem que ela não conhece e com quem não vive só porque ele fala um pouco mais alto, usa um terno ruim e fala de Deus?

Melhor parar de pensar no sorvete e acordar para a realidade Eliane Dias

Na primeira semana do ano, temos mais ódio destilado em grande escala do que poderíamos imaginar. E de onde vem tanto ódio?

Todos e todas juntas pelo #FORATEMER Eliane Dias

A insatisfação e o medo de um período de retrocesso são as razões pelo clamor de novas eleições

Tempos de tolerância ambígua Eliane Dias

Para uns, pão e circo; para outros, a benção com o néctar de Baco

Adeus, Fidel Eliane Dias

Fidel Castro, que faleceu na última sexta (25), aos 90 anos (Foto: Ismael Francisco) O homem se vai, mas fica o legado cravado na história de um povo orgulhoso de sua história de lutas e glórias Um dos maiores líderes políticos do século 20 faleceu no último dia 25 de novembro, em Cuba. Fidel Castro … Continue lendo “Adeus, Fidel”

A caminho da intolerância Eliane Dias

E não é que o país ruma a passos largos para uma sociedade do ódio?

Não saber não é bom para ninguém Eliane Dias

Não haverá investimentos na saúde e na educação nas próximas duas décadas. Aos mais pobres só restará assistir, passivamente, ao genocídio da juventude negra por meio de chacinas que executam 5, 16, 133 de uma só vez

O grito dos maus, o silêncio dos bons Eliane Dias

Apesar da grande apatia, existe uma luz no fim do túnel das mulheres e dos estudantes que tentam se manter em pé, dignos neste momento de descrédito generalizado. E mesmo assim há quem os queira calar de forma violenta e cruel.A

Nem uma a menos Eliane Dias

Em que momento as mulheres se tornaram as soluções para as frustrações dos homens, se tornaram posse, um objeto?

Se é só para fingir que tem, fecha de uma vez Eliane Dias

Estado deveria dialogar, ouvir, falar com os estudantes e não aceitar em hipótese alguma a prática da violência contra os estudantes por pedirem uma educação de qualidade

Uma ferida do não entendimento Eliane Dias

“Se não estás prevenido ante os meios de comunicação, te farão amar o opressor e odiar o oprimido”, dizia Malcolm X. O fenômeno do momento é: quanto mais se faz pelas massas, mais os meios de comunicação fazem as massas se voltarem contra quem as ajudou.

TV Cult