Revolução na Clínica

Lacan propôs uma revisão teórica radical na forma de ler e praticar os principais operadores clínicos da psicanálise Christian Ingo Lenz Dunker Na história da psicanálise encontramos três tipos de derivações clínicas da experiência inaugurada por Freud. Há aqueles, como Jung, Reich ou Adler, que a partir de revisões teóricas chegam a formular projetos clínicos … Continue lendo “Revolução na Clínica”

Uma relação ambivalente

Da identidade absoluta à oposição total, a relação tensa entre filosofia e psicanálise constitui um dos traços fundamentais da obra de Lacan Richard Theisen Simanke Lacan foi um teórico da psicanálise que se notabilizou pela importância que concedeu à filosofia. Suas referências filosóficas são superabundantes, as mais diversas tradições da filosofia encontram-se representadas em seus … Continue lendo “Uma relação ambivalente”

Marcuse, o filósofo refratário Jorge Coelho Soares

A densidade de sua reflexão permitiu que Marcuse sobrevivesse como um pensador envolvido pelas novas inquietudes da modernidade tardia

Pequeno Glossário Lacaniano

Christian Ingo Lenz Dunker Ato analítico: designa tanto um tipo de intervenção do analista quanto o conjunto do tratamento psicanalítico e a passagem de analisante a analista. Como tipo de intervenção ele reconfigura a direção do tratamento (como que estabelecendo um novo início) e realiza a travessia de uma dada forma de relação na transferência, … Continue lendo “Pequeno Glossário Lacaniano”

A educação pela revolução

O que distingue o pensamento de Marcuse é o modo pelo qual democracia e revolução permanecem vinculadas Wolfgang Leo Maar A motivação política é permanente no pensamento de Marcuse. O que lhe confere atualidade é justamente sua participação numa luta ainda em aberto, o bom combate que todos nós travamos coletivamente contra a alienação que afeta … Continue lendo “A educação pela revolução”

Raiva

Não surpreende que o argentino Sergio Bizzio seja mais conhecido como roteirista do que como escritor (Raiva chegou antes ao cinema que ao Brasil). Sua escrita veloz, de diálogos cortantes, deve mais à estética cinematográfica que à tradição narrativa de seu país. Como o cinema argentino também vive boa fase, alguma qualidade há de se … Continue lendo “Privado: Raiva”

Da Monarquia à República: Momentos Decisivos

A autora, nesta reedição de sua obra que já se tornou um clássico da historiografia brasileira, retoma 11 ensaios focados em momentos decisivos da história do Brasil no século 19 e acrescenta um capítulo inédito sobre o tema que lhe parecia faltar: o patriarcalismo na formação das elites brasileiras. Traça um panorama das raízes do … Continue lendo “Privado: Da Monarquia à República: Momentos Decisivos”

José Craveirinha – Antologia Poética

Bela coleção da Editora UFMG que apresenta ao público brasileiro poetas moçambicanos. José Craveirinha (1922-2002) é talvez o mais conhecido entre nós e um dos mais importantes poetas africanos, tendo sido agraciado com o Prêmio Camões em 1991, o principal da língua portuguesa. Sua poesia teria duas direções, se quiséssemos resumi-la: uma mais política ou … Continue lendo “Privado: José Craveirinha – Antologia Poética”

O Professor de Piano

Em 2006, Rinaldo de Fernandes organizou a antologia Contos Cruéis: as Narrativas Mais Violentas da Literatura Brasileira Contemporânea. Agora, em uma coletânea de contos próprios, dá seu aporte mais pessoal à temática da violência, fazendo de seus narradores vítimas ou perpetradores de atos perversos. Como analisa Regina Zilberman no posfácio, a virtude de Fernandes reside … Continue lendo “Privado: O Professor de Piano”

: a palavra é

Este é o segundo livro da poeta paulista Beatriz Bajo (1980-). Trata-se de um longo poema, dividido em quatro partes, que explora uma linguagem avizinhada ao não sentido, à dispersão dos significados mais diretos, algo que pode nos remeter aos poetas surrealistas ou, entre nós, a um poeta como Roberto Piva ou Claudio Willer. O … Continue lendo “Privado: : a palavra é”

TV Cult