A incompreensibilidade do mal

Diante do mal, o que está em jogo não é explicação ou compreensão, mas sim revolta ou resignação

A inquietante câmara clara Rodrigo Fontanari

Publicado em 1980, “A câmara clara” é uma espécie de romance barthesiano no qual o escritor faz uma crítica ao próprio fazer fotográfico e realiza um tombeau à sua mãe, Henriette Binger.

A última aventura Claudia Amigo Pino

Barthes deixou notas e manuscritos que revelam o seu desejo de escrever um romance que produziria o mesmo efeito de verdade e de emoção dos grandes romances, mas sem a carga burguesa da escrita realista

Entra em cartaz documentário sobre Raul Seixas

Em entrevista à CULT, o diretor Walter Carvalho fala sobre o filme e aborda a fusão de ritmos na obra do cantor

Patíbulo e perdão Flávio Ricardo Vassoler

O fuzilamento de Marco Archer, na Indonésia, e as contradições apreendidas por Dostoiévski para um mundo que se distancia radicalmente das noções de evolução moral e eternidade.

O teatro e a vida social Welington Andrade

A cena contemporânea dialoga abertamente com as múltiplas camadas da experiência coletiva

Poesia em pleno vigor

Após hiato de 11 anos, Ferreira Gullar lança o inédito Em Alguma Parte Alguma

As âncoras objetivas de Adília Lopes Heitor Ferraz Mello

Autora de ‘Manhã’, poeta portuguesa é um dos nomes mais importantes da poesia contemporânea

A garota das tranças de serpente

Texto de Mariana Fernandes Perna publicado na seção Oficina Literária da Revista CULT

Seis teses sobre as teses Jeanne Marie Gagnebin

Para Benjamin, as “teses” não têm nenhum caráter definitivo, mas oferecem um balanço de pensamento

TV Cult