Elegendo um presidente estável Gunter Axt

As eleições de 2018 sugerem pulverização semelhante às de 1989: como agora, o espectro da crise econômica e dos escândalos políticos assombrava o horizonte

A infinidade de amores na dor de existir

Dossiê: A tradição psicanalítica de compreensão do amor

Ainda é preciso ler Freud?

Freud continua indispensável para compreender a gênese da civilização humana

O que as cotas raciais têm feito comigo? Berenice Bento

Reler a minha biografia não teria sido possível se, um dia, estudantes negros/as em sala de aula não tivessem me questionado sobre meus próprios privilégios

Meu Coração Desnudado

Annita Costa Malufe Mon Coeur Mis à Nu e Fusées (na tradução, Rojões) são dois conjuntos de folhas avulsas, escritas a partir de 1859 e 1855, respectivamente, deixadas por Baudelaire. Embora publicados inicialmente sob o título de Journaux Intimes (Diários Íntimos), tal denominação, segundo o tradutor, Tomaz Tadeu, seria imprópria, já que não teria sido … Continue lendo “Meu Coração Desnudado”

Freud e a teoria social

O patológico fornece a visibilidade do que está em jogo nas condutas sociais gerais

Movimentos sociais na Era Lula Ruy Braga

Hegemonia às avessas, pequena política ou revolução passiva à brasileira?

Quem precisa de Édipo?

Christian Dunker: O lugar e o não lugar do mito edipiano no mundo contemporâneo

Perfil – Beatriz Sarlo

 A escritora argentina Beatriz Sarlo especializou-se em mostrar as realidades por trás das máscaras da modernidade   Carlos Costa  Divulgação/ Cléber Passus / Fronteiras do pensamento O Quarteto para Cordas N° 2, do norte-americano Morton Feldman, dura quase cinco horas e meia. Foi executado pelo Quarteto Pellegrini no Teatro Municipal San Martín, da cidade de Buenos … Continue lendo “Perfil – Beatriz Sarlo”

Artigo – Poética das Américas

Leia abaixo trecho da conferência Unrepresentative verse, proferida no congresso da Abralic pelo poeta Charles Bernstein, que defende uma política da forma poética e afirma que “qualquer conceito unitário de América é uma afronta à multiplicidade das Américas”  Charles Bernstein Numa palestra em Buffalo, em 1994, o poeta argentino Jorge Santiago Perednik terminou sua apresentação … Continue lendo “Artigo – Poética das Américas”

Fevereiro

TV Cult