‘Escrever é remexer a vida e às vezes imaginar outra’, diz Alejandro Zambra Paulo Henrique Pompermaier

Em ‘Múltipla escolha’, recentemente publicado no Brasil, autor chileno mostra a ‘libertadora e terrível’ descoberta de que nunca há apenas uma resposta

David Byrne: ‘As pessoas estão ficando cheias de toda essa propaganda digital’ Amanda Massuela

Em entrevista à CULT, o músico diz que há ‘muito papo furado no mundo digital’, como a ideia de que toda ruptura é boa ou que a tecnologia pode resolver todos os problemas






Com uma canetada, institucionalizou-se a cultura do estupro no país, diz Eleonora Menicucci Amanda Massuela

Socióloga e ex-ministra da Secretaria de Política para Mulheres foi condenada a pagar indenização a Alexandre Frota após criticar apologia à violência






Sobrevivente, testemunha e porta-voz Bianca Santana

Para a filósofa, educadora e militante feminista e antirracista, o Brasil vive um cenário político ‘assustador’, em que ideologias violentas prosperam impunemente






‘O que vemos no mundo hoje não é imigração, mas pessoas buscando vida’ Paulo Henrique Pompermaier

O historiador israelense Ilan Pappé fala sobre linguagem, intolerância e o conflito israelense-palestino: ‘Enquanto não empoderarmos os palestinos, ele irá continuar’






Sérgio Buarque de Holanda e a compreensão dos nexos do debate político brasileiro Paulo Henrique Pompermaier

Para professor de literatura brasileira em Princeton, conceitos do historiador ajudam a explicar as estruturas sociais e políticas do Brasil de hoje






‘Um país como o Brasil não pode ficar no limbo da não-cultura’ Paulo Henrique Pompermaier

Há sete anos vivendo no Rio, o autor angolano Ondjaki fala da recém lançada edição brasileira de ‘O assobiador’ e da relação com o país






O grito preso de Otto Amanda Massuela

Em seu sexto disco de estúdio, o músico pernambucano reflete sobre a impotência do ser humano diante da brutalidade dos tempos






Uma rebelde no rebanho Amanda Massuela

A filósofa e teóloga Ivone Gebara é uma voz dissonante na Igreja Católica. Aos 72 anos, 50 deles dedicados à vida eclesiástica, ela trabalha para que mulheres deixem de ser exploradas pela religião






“Estamos ainda diante de um ambiente refratário à presença feminina” Paulo Henrique Pompermaier

Academia Brasileira de Letras prepara homenagem a uma de suas fundadoras, Júlia Lopes de Almeida. A escritora nunca chegou a ocupar uma Cadeira na instituição, que elegeu apenas oito mulheres em 120 anos






TV Cult