Cem anos de Manoel de Barros

Douglas Diegues celebra, em seu ‘portunhol selvagem’, a força verbal delirante do poeta mato-grossense nascido em 19 de dezembro de 1916





Edição do mês

Busca de Edições

Edições anteriores

Facebook