Ba(q)uianas à brasileira Welington Andrade

“Mastigado na gostosura quente do amendoim…/Falado numa língua curumim/De palavras incertas num remelexo melado melancólico…/Saem lentas frescas trituradas pelos meus dentes bons…/Molham meus beiços que dão beijos alastrados/E depois remurmuram sem malícia as rezas bem-nascidas…”. Mário de Andrade, O poeta come amendoim E eis que Dioniso, o deus cabrito, abundante em cachos, chega ao terreiro … Continue lendo “Ba(q)uianas à brasileira”

O dionisismo em “Sínthia” e as emoções inviris Welington Andrade

O dionisismo em Synthia, tudo leva a crer, está implícito tanto no plano do conteúdo do espetáculo como no de sua forma. Dioniso é o deus do panteão grego marcado pela androginia e pela dualidade.






Edição do mês

Edições anteriores

Busca de Edições

TV Cult