Tag » Cena Contemporânea

Exortação à afasia

Publicado dia 09/12/2016 por redacaocult, nas categorias: Cena Contemporânea, Welington Andrade às 14h58.

“A palavra falada é irreversível, tal é a sua fatalidade” Roland Barthes, O rumor da língua Com texto e direção de Marcio Abreu, PROJETO bRASIL, da companhia brasileira de teatro, antes de se configurar em um espetáculo artístico, constitui mais propriamente um ato cultural organizado em torno de dezesseis discursos verbais e não verbais, de […]

Espetáculo, percepção e sensação

Publicado dia 28/11/2016 por redacaocult, nas categorias: Cena Contemporânea, Welington Andrade às 13h15.

A leitura de dois importantes títulos de teoria crítica convida à reflexão a respeito de como o teatro contemporâneo tem lidado com as categorias da percepção e da sensação, que levam inevitavelmente ao problema da subjetividade

Manifesto ao espectador contemporâneo

Publicado dia 21/11/2016 por redacaocult, nas categorias: Cena Contemporânea, Welington Andrade às 12h11.

A experiência do teatro pode conduzir o homem a uma viagem de exploração de outras regiões de si próprio, comumente soterradas sob o peso do excesso de convicções

Nuestra America

Publicado dia 24/10/2016 por redacaocult, nas categorias: Cena Contemporânea, Exclusivo do Site, Welington Andrade às 18h22.

Crítica do espetáculo “Solidão”, inspirado no romance que García Márquez tentou escrever aos 18 anos e que se tornaria o clássico “Cem anos de solidão”

Entre a Cila do sublime e a Caríbdis do ridículo

Publicado dia 13/05/2016 por redacaocult, nas categorias: Cena Contemporânea, Exclusivo do Site às 17h18.

Em “Sala dos professores”, novo espetáculo da Cia. Elevador de Teatro Panorâmico, três camadas de significação parecem se entrelaçar

No tempo dos grandes mamíferos fósseis

Publicado dia 07/05/2016 por redacaocult, nas categorias: Cena Contemporânea, Exclusivo do Site às 16h27.

“Canto para rinocerontes e homens”, do grupo Teatro do Osso, reestreia em São Paulo

Na escureza da floresta

Publicado dia 29/04/2016 por redacaocult, nas categorias: Cena Contemporânea, Exclusivo do Site às 14h20.

“Dezuó, breviário das águas”, do Núcleo Macabéa, narra a trajetória de menino que, expulso de sua vila pela construção da usina de Tapajós, cresce e se transforma em andarilho

Mover-se sob o risco de

Publicado dia 25/04/2016 por redacaocult, nas categorias: Cena Contemporânea, Exclusivo do Site às 14h55.

Fusão de dois contos de Caio Fernando Abreu, “Amarelo distante”, de Kiko Rieser, enfia palavras que avançam às cegas goela abaixo do espectador

Página 1 de 71234567»