Apocalipse estético: Ameryka da fome, do sonho e do transe

Que tipo de forças (políticas, estéticas) podem ser desencadeadas pela fome, pela violência e pela miséria latino-americanas? Poucos artistas contemporâneos colocaram essa questão (hoje finalmente tornada uma questão de governo) de forma tão complexa e original quanto o cineasta Glauber Rocha. Numa torção radical, e abandonando um discurso político-sociológico corrente na década de 60 e … Continue lendo “Apocalipse estético: Ameryka da fome, do sonho e do transe”

São Paulo e o modernismo

As vanguardas de um modo geral louvaram em verso e prosa a chegada da modernidade na paisagem urbana Serafim Ponte Grande, personagem principal do polêmico romance de Oswald de Andrade, publicado em 1933 e escrito na década anterior, em toda a vida tinha amado apenas a amante Dorotéia e a cidade natal. São Paulo, ao … Continue lendo “São Paulo e o modernismo”

As ilusões perdidas

As quatro peças escritos por Chico Buarque – Roda viva, Calabar, Gota d´água e Ópera do malandro – aliam as questões sociais às mais altas temperaturas líricas, permitindo rediscutir os rumos do musical brasileiro e do  teatro de vocação política Fernando Marques A história dos embates sociais no Brasil tem sido marcada, desde sempre, pela … Continue lendo “As ilusões perdidas”

A via crucis do escritor gay

O autor do romance Trem fantasma, de temática homossexual, fala das dificuldades que um escritor gay enfrenta para conseguir editar suas obras, vencer a resistência dos livreiros e a má-vontade da crítica.  Carlos Hee  A pergunta que se faz, quando se analisa uma obra literária de temática homossexual, é: existe, no Brasil, uma literatura gay? … Continue lendo “A via crucis do escritor gay”

Ouvindo a canção do vento

Nos romances de Haruki Murakami, as personagens são pessoas comuns no mundo cosmopolita do Japão atual.   De pouco adiantou os pais de Haruki Murakami, ambos professores de língua e literatura japonesa, tentarem incutir no filho o gosto pelos autores tradicionais de seu país: desde cedo seu interesse se voltou aos autores ocidentais, em particular … Continue lendo “Ouvindo a canção do vento”

Dias circulares

Na São Paulo dos anos 60, a dimensão pública da poesia era afirmada em lançamentos, debates e leituras; lia-se em voz alta, uns para os outros, em teatros, casas noturnas, ruas e praças Houve “geração 60” de poetas paulistas? Em caso positivo, como se relacionava com a cidade? São Paulo estava presente em sua poesia? … Continue lendo “Dias circulares”

O anatomista da palavra

Autor de uma obra freqüentemente comparada à do romancista francês Marcel Proust, Pedro Nava construiu, com sua prosa poética, ícones verbais que materializam o rumor da língua e a auscultação do corpo.   Pedro Nava tem ouvido de poeta e olho de pintor. Foi poeta bissexto, embora não seja de seus poemas que vou tratar … Continue lendo “O anatomista da palavra”

Uma questão para o futuro

De que maneira as futuras gerações dialogarão com a cultura japonesa no Brasil?      Trezentos anos atrás, um grupo formado por centenas de japoneses decidiu abandonar o Japão, insatisfeito com o regime político vigente na era pós-samurai. O local escolhido foi um país do Sudeste Asiático. Tailândia? Filipinas? Indonésia? Não se sabe. Da mesma forma … Continue lendo “Uma questão para o futuro”

As idéias generosas do Norte

A filosofia política produzida nos EUA criou teorias preocupadas com os problemas internos a respeito de direitos individuais e problemas externos de relacionamento com os que não vivem segundo os padrões modernos do Ocidente Quando as tropas dos Estados Unidos deixaram o Vietnã, o cartunista Henfil fez uma tira em quadrinhos na qual, no primeiro … Continue lendo “As idéias generosas do Norte”

Guerra, juventude e América

O resto do mundo atualmente vê os EUA como um agressor horrível, mas a juventude do país está tentando, com toda a força, mudar essa situação Guerra é um difícil tema para o debate. É o tipo de assunto que toca sempre na mais profunda das emoções. Ao menos nos Estados Unidos, isso é uma … Continue lendo “Guerra, juventude e América”

Dezembro

TV Cult