Quem somos

 

CULT • Ano 19
Livre expressão e espírito independente

[Read this in English]

 

A CULT é uma revista mensal voltada às áreas da arte, cultura, filosofia, literatura e ciências humanas. Com uma circulação de 35 mil exemplares, distribuídos em âmbito nacional, a publicação é conhecida por sua independência editorial – o que sempre a levou a tratar, em seus dezoito anos de existência, de temas pouco explorados normalmente pelos mais variados veículos do jornalismo cultural.

A inventividade e, muitas vezes, o ineditismo na abordagem dos assuntos exigem em contrapartida a redação de textos longos, densos e com um nível de profundidade cada vez mais raro no mercado editorial – escritos por renomados intelectuais ligados à vida acadêmica e jornalistas de sólida trajetória profissional. Daí ser motivo de orgulho para a revista o fato de contar entre seus assinantes com grande parte das universidades e bibliotecas do país.

Cada edição da CULT chega às bancas apresentando ao leitor um dossiê especialmente organizado sobre determinado tema que possa contribuir para o amplo debate de ideias e a franca circulação de saberes e conhecimentos de interesse público. Completam as edições matérias especiais, artigos, resenhas, ensaios, entrevistas e perfis que contemplam aspectos variados da vida cultural brasileira em caráter mais amplo.

A revista prima pela qualidade de seus textos, que, embora intencionem ajudar na ampliação do repertório cultural do leitor, jamais abrem mão da linguagem culta formal, condição necessária para o desenvolvimento da consciência crítica. A linguagem visual adotada pela direção de arte procura dialogar ativamente com os textos, concebendo um conjunto de imagens que não somente é agradável aos olhos do leitor como também estimula seu campo perceptivo.

A CULT muito se orgulha de seu posicionamento à margem dos grandes consensos fabricados pela indústria cultural, dedicando-se a causas pouco debatidas ou negligenciadas – às quais somente um jornalismo independente e autônomo é capaz de dar sua necessária visibilidade.

Produtos customizados
A editora Bregantini foi uma das pioneiras em publicações customizadas no Brasil, criando e desenvolvendo inúmeros títulos de revistas, jornais, house organs, catálogos e folhetos. Ao longo da década de 1990, mais de 100 produtos editoriais foram concebidos pela editora, destacando-se entre eles: a revista “De Mulher para Mulher” (que circulou entre 2006 e 2008), comercializada exclusivamente nas Lojas Marisa; e a revista Jovem Pan (com circulação entre 2004 e 2005), que, editada em parceria com a respectiva emissora, alcançou 85 mil exemplares, recebendo, inclusive, dois discos de ouro, por trazer um CD especialmente encartado a cada número da publicação.

Publicações especiais
A editora também lança regularmente biografias, dossiês e especiais que mantenham estreita afinidade temática com a linha editorial da CULT, dirigidos a pesquisadores, professores, intelectuais e interessados em geral no aprofundamento das principais questões ligadas ao mundo da literatura, da filosofia e das ciências sociais contemporâneas.

A mais longeva revista de cultura do Brasil só toma um partido: o da inteligência.