Eliane Dias

Qual é a medida do amor?

Publicado dia 17/01/2017 por redacaocult, nas categorias: Colunistas, Eliane Dias às 15h53.

Como pode uma infeliz mãe acreditar em um homem que ela não conhece e com quem não vive só porque ele fala um pouco mais alto, usa um terno ruim e fala de Deus?

Melhor parar de pensar no sorvete e acordar para a realidade

Publicado dia 10/01/2017 por redacaocult, nas categorias: Colunistas, Eliane Dias às 17h58.

Na primeira semana do ano, temos mais ódio destilado em grande escala do que poderíamos imaginar. E de onde vem tanto ódio?

Todos e todas juntas pelo #FORATEMER

Publicado dia 14/12/2016 por redacaocult, nas categorias: Eliane Dias às 16h56.

A insatisfação e o medo de um período de retrocesso são as razões pelo clamor de novas eleições

Tempos de tolerância ambígua

Publicado dia 07/12/2016 por redacaocult, nas categorias: Eliane Dias às 15h06.

Para uns, pão e circo; para outros, a benção com o néctar de Baco

Adeus, Fidel

Publicado dia 29/11/2016 por redacaocult, nas categorias: Eliane Dias às 13h51.

O homem se vai, mas fica o legado cravado na história de um povo orgulhoso de sua história de lutas e glórias Um dos maiores líderes políticos do século 20 faleceu no último dia 25 de novembro, em Cuba. Fidel Castro descansou depois de uma vida dedicada ao socialismo. Foram quase cinco décadas no poder, […]

A caminho da intolerância

Publicado dia 22/11/2016 por redacaocult, nas categorias: Eliane Dias às 14h04.

E não é que o país ruma a passos largos para uma sociedade do ódio?

A vida em comum

Publicado dia 16/11/2016 por redacaocult, nas categorias: Eliane Dias às 15h30.

O que vemos é uma geração sendo formada por outra que não aceita não como resposta, que não aprende a lidar com a frustração, que não sabe esperar, que não chora até soluçar. Que não sabe perder, não sabe cair.

Não saber não é bom para ninguém

Publicado dia 08/11/2016 por redacaocult, nas categorias: Eliane Dias às 12h16.

Não haverá investimentos na saúde e na educação nas próximas duas décadas. Aos mais pobres só restará assistir, passivamente, ao genocídio da juventude negra por meio de chacinas que executam 5, 16, 133 de uma só vez

Página 1 de 212»