Cláudio Oliveira

Enterrando meus mortos com palavras

Publicado dia 18/01/2017 por redacaocult, nas categorias: Cláudio Oliveira, Colunistas às 14h20.

No novo livro de Simone Brantes, a vida não é apenas nosso caminho em direção à morte, mas também o modo como, nesse caminho, vamos enterrando nossos cadáveres para podermos viver

Entre o espiritual e o sexual: sobre alguns desenhos de Alex Cerveny

Publicado dia 04/01/2017 por redacaocult, nas categorias: Cláudio Oliveira às 10h55.

O trabalho do artista brasileiro não se atém apenas à produção de imagens, mas também à escrita, à palavra, à narrativa

Da intraduzibilidade como política

Publicado dia 20/12/2016 por redacaocult, nas categorias: Cláudio Oliveira às 14h26.

A exposição “Após Babel, Traduzir”, com curadoria da filósofa Barbara Cassin, busca demonstrar, em imagens e objetos, toda a reflexão desenvolvida por Barbara Cassin, ao longo dos últimos anos, sobre a prática da tradução

Franceses que não são franceses, ou como se tornar mais otimista

Publicado dia 07/12/2016 por redacaocult, nas categorias: Cláudio Oliveira às 13h56.

O documentário Swagger, de Olivier Babinet, trata da experiência de ser e não ser francês na França. Mas é possível resumir o filme a isso: falar com outras pessoas pode nos tornar mais otimistas

Em Paris, as noites são ‘fauves’

Publicado dia 23/11/2016 por redacaocult, nas categorias: Cláudio Oliveira às 12h55.

Em Paris, as noites são… Sim, como traduzir o termo fauves que aparece no título deste texto?

Meus pais, meu país

Publicado dia 09/11/2016 por redacaocult, nas categorias: Cláudio Oliveira às 15h20.

Walter Benjamin diz, em algum lugar, que, ao contar a história do Idiota, Dostoiévski estava contando a história do próprio povo russo. A minha história sempre foi para mim inseparável da história do meu país. E mesmo que no momento em que eu escrevo essas palavras eu esteja na França, muito distante do meu país, ao ter que falar de mim onde quer que eu esteja de repente esse país vem à tona e me atropela.